Darren Aronofsky irá dirigir nova versão de "Robocop"

sexta-feira, 25 de julho de 2008 15:47 BRT
 

LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - "Robocop" sairá da aposentadoria pelas mãos do diretor Darren Aronofsky e do roteirista David Self.

O diretor de "Fonte da Vida" e o roteirista de "Estrada para a Perdição" já assinaram acordos para desenvolver uma versão do século 21 com grande orçamento para a saga do policial meio homem meio máquina.

A MGM planeja lançar o filme em 2010.

O "Robocop" original foi escrito por Edward Neumeier e Michael Minerfoi e dirigido por Paul Verhoeven em 1987. O filme se passava em uma cidade de Detroit futurista e contava a história de um policial mortalmente ferido (Peter Weller) que retorna para combater a corrupção com a aparência de um ciborgue.

As continuações do filme saíram em 1990 e 1993, além de séries de televisão e videogames. "Robocop" mantém uma numerosa quantidade de fãs na Internet.

Mary Parent, presidente do grupo cinematográfico da MGM, e o presidente e CEO da MGM, Harry Sloan, anunciaram a volta de Robocop em maio, no Festival de Cinema de Cannes.

O estúdio planeja ressuscitar o robô utilizando as mais novas tecnologias cinematográficas, com um orçamento de até 100 milhões de dólares.

Recentemente, Aronofsky terminou "The Wrestler", um drama estrelando Marisa Tomei, Evan Rachel Wood e Mickey Rourke.

Self já escreveu roteiros para "13 Dias que Abalaram o Mundo" e para o remake de "Wolf Man".

Para ressuscitar a marca MGM, a companhia tem vasculhado os arquivos do estúdio atrás de material para remakes. Novas versões de "Amanhecer Violento", "Fama", "Poltergeist" e "Desejo de Matar" estão nos planos.