Museu do Prado contesta autoria de obra de Goya

quinta-feira, 26 de junho de 2008 17:10 BRT
 

MADRI (Reuters) - Especialistas do Museu do Prado, o maior da Espanha, disseram na quinta-feira que suspeitam que uma de suas principais obras em exibição -- de autoria atribuída ao pintor Francisco Goya -- teria sido pintada de fato por um dos assistentes do mestre espanhol.

Manuela Mena, curadora dos trabalhos do século 18 e das obras de Goya no museu de Madri, disse que novas evidências foram descobertas por raios-x e outros testes em "El Coloso" (O colosso), considerada uma alegoria da Espanha em guerra.

"Não é um trabalho que, na nossa opinião, se encaixe com a técnica, a pintura, a simbologia, as metáforas e a poesia de Goya", disse Mena em uma entrevista coletiva.

Mena acrescentou que a descoberta das iniciais A.J. no canto esquerdo inferior da pintura levou o museu a acreditar que ela teria sido feita realmente por Asensio Julia, assistente do pintor espanhol.

A pesquisa ainda está sendo feita, e conclusões são esperadas para daqui alguns meses. Entretanto, Mena afirmou que a comprovação não desvalorizaria o mérito artístico da pintura.

"É uma pintura atraente e cativante, e não um trabalho estranho", disse.

(Reportagem de Emma Pinedo)