Will Smith começa grande tributo a Nelson Mandela em Londres

sexta-feira, 27 de junho de 2008 16:00 BRT
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - O ator Will Smith deu início na sexta-feira ao show de comemoração dos 90 anos de Nelson Mandela, cuja visita a Londres foi ofuscada pelos acontecimentos no Zimbábue, onde a votação para presidente acaba de terminar.

Amy Winehouse, Queen, Annie Lennox, Simple Minds e alguns dos maiores artistas africanos estão entre as estrelas escaladas para se apresentar diante de Mandela, que completa 90 anos no mês que vem. Os shows devem reunir cerca de 50 mil pessoas no Hyde Park.

"Peter Gabriel disse uma vez: 'se o mundo pudesse ter um pai, o homem que escolheríamos para ser nosso pai seria Nelson Mandela"', disse Smith para a platéia.

"Nelson Mandela nos ensinou sobre amor e reconciliação, nos ensinou sobre justiça", disse o ator.

O tributo ao estadista sul-africano coincide com o segundo turno das eleições no Zimbábue -- logo, espera-se que Mandela faça declarações contra o presidente Robert Mugabe, que não adiou as eleições apesar das críticas internacionais.

O líder oposicionista Morgan Tsvangirai boicotou a votação após uma série de ataques mortais contra seus seguidores.

Durante sua estadia na Grã-Bretanha, Mandela disse apenas quatro palavras sobre Mugabe, durante um discurso em um jantar: "trágico fracasso de liderança". Mas foi o suficiente para virar manchete.

Mandela, o primeiro presidente negro da África do Sul, aposentou-se oficialmente há nove anos, mas ainda é uma autoridade moral bastante admirada.   Continuação...