Carla Bruni presenteia ministros franceses com novo CD

segunda-feira, 28 de julho de 2008 12:14 BRT
 

PARIS (Reuters) - A primeira-dama da França, Carla Bruni, entregou uma cópia de seu novo disco aos ministros do governo na segunda-feira, quando o gabinete sai de férias de verão.

A ex-modelo, que virou cantora pop, levou cópias de "Comme si de Rien n'Était" ("como se não fosse nada") ao brinde que os ministros fizeram para encerramento das atividades. A próxima reunião do gabinete do presidente Nicolas Sarkozy acontecerá no dia 21 de agosto.

"Eu já tinha comprado, mas agradeço este gesto amigável", disse Nadine Morano, ministra de Assuntos Familiares.

O ministro do Orçamento, Eric Woerth, também pareceu feliz ao deixar a reunião com o CD nas mãos: "Acho ótimo, vou ouvir nas férias", disse.

Lançado no dia 11 de julho, com o nome de solteira da cantora, o disco chegou ao topo das paradas em sua primeira semana nas lojas.

Bruni tem dois outros discos, mas este é o primeiro desde que começou a namorar com o presidente Sarkozy, com quem se casou em fevereiro, menos de três meses depois de se conhecerem.

Algumas das letras surpreenderam a imprensa.

"Você é minha droga, mais letal que heroína do Afeganistão e mais perigosa do que a branca colombiana", canta a primeira-dama em uma das músicas, o que causou um pequeno desconforto diplomático entre a França e a Colômbia.

(Reportagem de Gerard Bon)

 
<p>Nicolas Sarkozy e sua mulher, Carla Bruni, que distribuiu seu disco para os ministros . Photo by Benoit Tessier</p>