Mel Gibson interpretará em primeiro filme desde 2002

terça-feira, 29 de abril de 2008 10:54 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Mel Gibson, que tem mantido a discrição desde que fez manifestações anti-semitas em julho de 2006, vai atuar em seu primeiro filme desde 2002, disse o jornal Daily Variety na terça-feira.

O ator de 52 anos interpretará um investigador da polícia no filme "Edge of Darkness", baseado na minissérie da BBC de 1985, segundo o jornal.

O último papel de Gibson foi em 2002, em "Sinais" e "Fomos heróis". Depois, ele dirigiu "A Paixão de Cristo", em 2004, e "Apocalypto", em 2006.

"Apocalypto" foi lançado logo depois de Gibson ser preso, suspeito de dirigir embriagado perto de sua casa, em Malibu. No incidente, Gibson gritou para os policiais que os judeus eram "responsáveis por todas as guerras no mundo". Mais tarde, ele se desculpou, encontrou-se com lideranças judias e fez tratamento para o alcoolismo. Ele também está em liberdade condicional por três anos.

Gibson vai estar do outro lado da lei em "Edge of Darkness", no papel de um policial puritano que encobre um caso de corrupção ao investigar a morte de sua filha ativista, disse o Daily Variety.

O jornal acrescentou que Gibson é fã da minissérie e foi receptivo quando o produtor Graham King e o diretor Martin Campbell o abordaram, há alguns meses. O projeto, financiado de forma independente, começa a ser filmado em agosto, em Boston.

O set de Boston é uma mina de ouro para o roteirista do filme, William Monaham, que ganhou um Oscar por seu trabalho em "Os Infiltrados", de Martin Scorsese. Já Campbell recentemente reviveu a franquia James Bond, com "Casino Royale".

(Reportagem de Dean Goodman)

 
<p>O ator Mel Gibson, em foto de arquivo REUTERS. Photo by Lucy Nicholson</p>