ESTRÉIA-Estacionamento é palco do suspense "P 2 - Sem Saída"

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007 10:30 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O suspense "P 2 -- Sem Saída", que estréia no país na terça-feira, segue as linhas básicas do gênero, colocando predador e presa confinados a um único ambiente -- no caso, um estacionamento -- fazendo um jogo de gato e rato.

É noite de Natal, e a executiva Angela Bridges (Rachel Nichols, da série "Alias") é a última a sair de seu escritório, num luxuoso prédio na Park Avenue, indo para uma reunião familiar em Jersey. Sozinha, ela vai até seu carro estacionado no nível que dá nome ao filme. Porém, o veículo não dá partida.

Entra em cena o estranho guarda do estacionamento Thomas (Wes Bentley, de "Beleza Americana"). Ele parece estar tentando ajudar, mas aos poucos vai mostrando seu verdadeiro perfil psicopata. Angela nunca o viu antes -- mas ele sabe muito sobre a moça, a quem tem estudado através das câmeras de segurança do prédio.

Depois de amarrá-la a uma cadeira, o jovem segurança prepara uma verdadeira ceia de Natal para a sua amada, com direito até a um figurino especial. Certamente, ela não parece feliz com a surpresa e está cada vez mais assustada. Quando ele percebe que ela não está contente com a situação, Thomas fica nervoso. Angela viverá os piores momentos de sua vida.

Esse é o tipo de filme que depende de boas performances de seus atores -- afinal, toda a tensão está centrada neles. Rachel Nichols tem uma presença marcante na tela, conseguindo ser vulnerável, histérica e agradável, quando necessário.

Já Bentley tenta fazer uma combinação entre o psicopata mais famoso do cinema, Norman Bates (de "Psicose"), e seu adolescente problemático de "Beleza Americana". O resultado nem sempre convence.

A bem da verdade, seu personagem também não ajuda muito. Thomas é uma espécie de clichê ambulante. Da sua inexplicada obsessão por Angela à sua paixão óbvia por Elvis Presley nada faz muito sentido, só deixa no ar algumas dúvidas.

Dirigido pelo estreante Franck Khalfoun, "P 2 -- Sem Saída" conta com roteiro de Alexandre Aja, que com seu "Viagem Maldita" havia feito um filme mais eficiente. Aqui, um estacionamento de um prédio, um lugar claustrofóbico e sombrio por natureza, ele realiza apenas um suspense passageiro.

(Por Alysson Oliveira, do Cineweb)