Mágico David Blaine quer passar 60 horas pendurado

terça-feira, 23 de setembro de 2008 00:11 BRT
 

Por Christian Wiessner

NOVA YORK (Reuters) - É um pássaro? É um morcego? É... David Blaine? O mágico e artista de 35 anos se pendurou na segunda-feira de ponta-cabeça sobre um rinque de patinação no Central Park, em Nova York, onde pretende passar 60 horas.

Blaine está pendurado pelos pés, numa estrutura que lembra um cadafalso. O espetáculo deve terminar em um especial de TV em horário nobre na quarta-feira, quando Blaine fará o número que batizou de "Mergulho da Morte", caindo 13,4 metros até o chão.

"Acho que realmente podemos, quando colocados em qualquer situação, nos adaptar a ela", disse Blaine à Reuters no momento em que foi baixado ao solo para um rápido exame médico.

Nova York já está habituada aos números desse artista, que em novembro de 2000 passou 61 horas dentro de um bloco de gelo na Times Square. Há dois anos, ele passou uma semana habitando uma esfera acrílica cheia d'água, diante do Lincoln Center, e em 2002 passou 35 horas em pé sobre um pilar de 27 metros atrás da Biblioteca Pública.

Em 2003, Blaine passou 44 dias dentro de uma caixa transparente pendurada sobre o rio Tamisa, em Londres.