Colar da era Tudor de US$500 mil será leiloado em Londres

segunda-feira, 6 de outubro de 2008 13:09 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O único colar completo do tempo de Henrique VIII que se tem conhecimento será leiloado no dia 6 de novembro, disse a casa de leilões Christie's nesta segunda-feira. Acredita-se que o colar tenha sido dado pelo rei a um de seus maiores conselheiros.

O colar Coleridge, chamado pela leiloeira de "uma das relíquias mais importantes da era Tudor", deve ser arrematado por 200 a 300 mil libras (355 a 530 mil dólares) em um leilão em Londres, no qual será vendida também mobília, escultura e tapeçaria européias.

A Christie's disse que o colar provavelmente foi dado pessoalmente pelo rei a Sir Edward Montagu e foi feito em torno de 1546. O colar lembra o usado por Sir Thomas More no famoso retrato de Hans Holbein.

Montagu era membro do Conselho Privado, que criava o filho e herdeiro de Henrique, Eduardo VI. Montagu também foi um dos 16 executores do testamento do rei.

Os colares reais ganharam fama quando usados por Henrique IV como símbolo da aliança com a monarquia.

Os reis Lancaster usaram dois "$" como símbolo em seus colares. Já os York usavam sóis e rosas. A dinastia Tudor retomou os "$" e incorporou portas levadiças e a rosa dos Tudor.

O significado dos dois "$" não é conhecido.