Baterista do Metallica venderá tela de US$12 milhões de Basquiat

sexta-feira, 10 de outubro de 2008 17:16 BRT
 

LONDRES (Reuters Life!) - Um quadro do famoso grafiteiro Jean-Michel Basquiat irá a leilão no próximo mês, vinda de uma fonte inesperada: Lars Ulrich, o baterista da banda Metallica.

Ulrich pode ser baterista de heavy metal de profissão, mas também é conhecido colecionador de arte.

Ele comprou em 1999 a tela "Sem título (Boxeador)", feita por Basquiat em 1982, e espera que ela possa receber lances de até 12 milhões de dólares no leilão.

A tela será exposta na Christie's de Londres por uma semana a partir de sexta-feira, antes de ir a leilão em Nova York, em 12 de novembro, em seu leilão de arte do pós-guerra e contemporânea em Nova York.

O pai de Lars Ulrich foi o campeão de tênis dinamarquês Torben Ulrich, que nos anos 1950 e 1960 fez parte do cenário artístico e musical de Copenhague. Inicialmente, o baterista apreciava sobretudo o trabalho de artistas de vanguarda europeus como Asger Jorn e Karen Appel.

Depois disso, Ulrich, que além de baterista é compositor e membro fundador do Metallica, começou a colecionar obras de grafiteiros como Jean Dubuffet, Sam Francis e Basquiat.

"Tenho a melhor coleção de Asger Jorn do planeta", disse ele à revista Playboy em 2001. "Tenho a tela que é universalmente considerada uma das duas maiores de Basquiat; passei um ano e meio correndo atrás dela até consegui-la".

"Passar tempo no backstage com Kid Rock é uma coisa superinstigante, mas não mais do que passar uma hora sentado com um gim e tônica, olhando meu Dubuffet."

Não é a primeira vez que Ulrich vende uma tela de Basquiat. Em 2002 ele vendeu "Profit I" (Lucro I), do grafiteiro americano, por mais de 5 milhões de dólares.   Continuação...