Filho do ator Gérard Depardieu morre de pneumonia

segunda-feira, 13 de outubro de 2008 15:55 BRT
 

PARIS (Reuters) - O filho do ator francês Gerard Depardieu morreu nesta segunda-feira, vítima de uma pneumonia fulminante, informou a agência artística Artmedia, que trata dos assuntos do pai e do filho, ambos atores.

Guillaume Depardieu, comediante de 37 anos, foi internado há alguns dias, nos arredores de Paris, em um hospital de Garches.

Filho de Gérard e Elisabeth Depardieu e irmão de Julie, que também é atriz, Guillaume acompanhou o pai nos sets de filmagem desde pequeno.

Sua carreira no cinema começou com o filme "Todas as Manhãs do Mundo", de 1991.

A produtora Josée Dayan, que trabalhou com o ator e é amiga da família, declarou-se "absolutamente triste" e relembrou a memória do "ator mais talentoso de sua geração".

"Era um amigo e eu o amava infinitamente. Era um tipo formidável, um imenso ator. Falei com ele por telefone há três dias, ele chegava de uma filmagem na Romênia, falamos de projetos, de filmes por fazer, ele preparava um disco", disse ela à RTL.

"Também penso em sua família. É terrível. Guillaume era como meu irmão mais novo", acrescentou.

Em 1995, Guillaume foi premiado com um César por sua interpretação no filme "Os Aprendizes", de Pierre Salvadori.

No entanto, sua vida também teve momentos difíceis. Ele sofreu um grave acidente de carro que gerou uma infecção hospitalar e fez com que tivesse de amputar a perna do joelho para baixo, em 2003.

O artista criou a fundação "Guillaume Depardieu" para ajudar as vítimas de infecções contraídas dentro de hospitais.

Depardieu, conhecido por seu talento e pelas disputas judiciais, publicou em 2003 um livro intitulado "Todo dado", no qual conta sua vida em entrevistas a Marc-Olivier Fogiel.