Bill Gates e Jolie são destaque em pesquisa de responsabilidade

terça-feira, 14 de outubro de 2008 12:49 BRT
 

NOVA YORK (Reuters Life!) - Bill Gates encabeçou a categoria de empresários, enquanto Oprah Winfrey e Angelina Jolie também tiveram bons desempenhos, porém muitos norte-americanos disseram ter dificuldade em identificar um líder ou celebridade reconhecidamente responsável, segundo uma pesquisa.

A maioria dos 1.001 entrevistados para a pesquisa disse que valoriza a responsabilidade, mas não a vê em grau suficiente em outras pessoas.

"O índice mostra que as pessoas querem mais responsabilidade em suas vidas, mas nem sempre sabem como alcançar essa meta", disse Kathy McManus, da seguradora global Liberty Mutual Group, que conduziu a pesquisa.

"Não existe manual de responsabilidade, então cada vez mais estamos vendo indivíduos criando sua própria responsabilidade."

Quinze por cento dos entrevistados apontaram Bill Gates, o co-fundador da Microsoft, como o líder empresarial mais responsável, e 8 por cento citaram Oprah Winfrey e Angelina Jolie como as celebridades mais responsáveis.

Mas 33 por cento disseram que não podiam citar uma celebridade que encarna a responsabilidade, e 37 por cento disseram o mesmo em relação a um líder empresarial.

Mais de três quartos dos entrevistados acha que os reality shows na TV exercem impacto negativo sobre a responsabilidade pessoal, e um número semelhante acha que a atenção da mídia voltada aos estilos de vida das celebridades prejudica o senso de responsabilidade das pessoas.

Professores, americanos jovens e casais casados atribuíram a eles mesmos as notas mais altas de responsabilidade.

Em comunicado, a seguradora disse: "Os norte-americanos associam a responsabilidade pessoal a obrigações familiares e aos efeitos de suas ações sobre os outros."

Setenta por cento dos americanos disseram pensar que se tornaram mais responsáveis nos últimos cinco anos, e 74 por cento disseram que as outras pessoas se tornaram menos responsáveis nesse mesmo período.

"Na média, mais de 70 por cento dos americanos pensa que os adolescentes, adultos jovens e pais são um pouco ou muito menos responsáveis do que eram 20 anos atrás," disse o comunicado da seguradora.