Angelina Jolie diz que 6 ou 7 filhos não a farão desacelerar

quinta-feira, 16 de outubro de 2008 19:13 BRT
 

Por Dan Whitcomb

LOS ANGELES (Reuters) - A atriz premiada com o Oscar Angelina Jolie pretende continuar a levar seu estilo de vida nômade, percorrendo o mundo constantemente ao lado de seu parceiro Brad Pitt, com seus seis filhos a tiracolo, e, em entrevista na quinta-feira, deu a entender que ela e Pitt podem até adotar um sétimo filho.

Jolie, que em julho deu à luz a gêmeos na França - uma menina, Vivienne Marcheline, e um menino, Knox Leon --, disse em aparição no programa matinal "Today", da NBC, que não vê razões para desacelerar o ritmo de vida, apesar de sua prole crescente.

"Um dia as crianças provavelmente vão querer ficar em um só lugar por muito tempo, quando fizerem amigos determinados", disse ela ao co-apresentador do "Today", Matt Lauer, em entrevista para promover seu novo filme, o drama de época "A Troca".

"Mas até agora temos viajado muito com eles, e eles gostam de ir de um lugar a outro. Eles curtem fazer as malas antes da próxima aventura e gostam de fazer amigos novos em toda parte onde vamos", disse Jolie.

"E acho que gostaríamos de manter parte disso", prosseguiu a atriz de 33 anos. "Queremos que eles se tornem o tipo de adulto que consegue sentir-se em casa em qualquer lugar do mundo e fazer amizades em qualquer lugar do mundo."

Além dos gêmeos, Jolie e Pitt são pais de quatro outras crianças pequenas: seus filhos adotivos Maddox, Pax e Zahara e sua primeira filha biológica, Shiloh. Respondendo a perguntas de Lauer, Jolie disse que ela e Pitt estão cogitando adotar ainda mais crianças.

"Depende", disse ela. "Quero dizer, é importante... você não pode adotar, não pode nem sequer dar início ao processo, até os filhos mais novos tenham seis meses de idade, para entender como ficou a nova família."

Mas Jolie disse que seus filhos já estão se acostumando com a chegada de novos irmãos "e não se espantam mais quando crianças novas chegam em casa".   Continuação...