October 23, 2008 / 2:25 PM / 9 years ago

Vanessa Hudgens conta por que adorou fazer "High School Musical"

4 Min, DE LEITURA

<p>A atriz Vanessa Hudgens, de "High School Musical," personifica os sonhos de milh&otilde;es de garotas em todo o mundo, em seu papel da linda e inteligente Gabriella Montez. Ela estar&aacute; nas telas em "High School Musical 3 - Ano da Formatura," que estr&eacute;ia esta semana nos cinemas do mundo todo.Mario Anzuoni</p>

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters Life!) - A atriz Vanessa Hudgens, de "High School Musical," personifica os sonhos de milhões de garotas em todo o mundo, em seu papel da linda e inteligente Gabriella Montez, que conquista o coração do astro do basquete colegial Troy Bolton.

Hudgens, de 19 anos, que estará nas telas em "High School Musical 3 - Ano da Formatura," que estréia esta semana em todo o mundo, vem atuando desde os 3 anos de idade e fez seu primeiro filme, "Aos Treze," em 2003.

A delicada atriz de ascendência filipina, chinesa, espanhola, irlandesa e indígena-americana falou à Reuters sobre o sucesso dos três filmes "High School Musical", da Disney, que lhe deram uma experiência do colegial que ela própria nunca teve, pelo fato de ter feito seus estudos em casa.

Pergunta: Você acha que perdeu por não viver na vida real a atividade de uma colegial americana, conforme retratada em "High School Musical"?

Resposta: Esta série foi minha experiência de colegial. Foram três anos, quase quatro. Graças a este projeto fiz amigos incríveis, pessoas que sempre vou poder procurar de novo. Cresci na companhia delas.

P: A cena do baile de formatura em "Ano da Formatura" é muito romântica. Mas você nunca teve uma formatura, nem um baile de formatura.

R: Meu baile no filme foi bem melhor que os bailes normais, acho. Não houve drama. Pude usar um vestido belíssimo; foi uma fantasia total. E usei a beca pela primeira vez.

P: Como você vem lidando com os fãs e o sucesso dos filmes?

R: É uma coisa maluca. Toda vez que vou a uma estréia nossa, fico nervosa, porque é uma coisa extraordinária da qual faço parte. Parece que, não importa onde a gente vá, as pessoas ficam genuinamente emocionadas. Mas ainda consigo ter uma vida normal. Não ando produzida o tempo todo. Ainda vou ao supermercado e tudo o mais.

P: O que seus fãs lhe dizem quando escrevem para você?

R: Que os filmes os inspiraram a fazer coisas diferentes e ir em busca de seus sonhos. Os filmes dão aos jovens a coragem de escapar dos moldes e fazer o que realmente querem. Os jovens não têm muitos exemplos a admirar, porque existem tantas coisas ruins no mundo. O fato de levarmos à tela algo que as famílias podem admirar e que as faz sentir-se bem é realmente maravilhoso.

P: Qual será seu próximo passo profissional? Você tem medo de ter ficado estereotipada no papel de Gabriella?

R: Estou procurando papéis com os quais eu possa crescer. Não quero me distanciar de Gabriella porque ela é um exemplo maravilhoso. Sempre é legal representar uma garota inteligente. Mas quero fazer papéis diferentes, sim. Meu novo filme, "Bandslam", que vai sair em julho, é um pouco mais rock'n'roll. Meu personagem é bem mais dark.

P: Troy e Gabriella têm uma relação muito doce nos filmes. Seus fãs vão querer saber se você e Zac Efron pretendem continuar juntos na vida real.

R: Isso é muito gentil da parte deles.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below