Hollywood investe em Bollywood para criar filmes indianos

sexta-feira, 24 de outubro de 2008 12:00 BRST
 

Por Rina Chandran

MUMBAI (Reuters) - A história de um cachorrinho que encontra o amor depois de ser abandonado numa favela de Mumbai é o primeiro filme da Walt Disney produzido na Índia e falado numa língua local, e assinala as sérias intenções de Hollywood nesse mercado em rápido crescimento.

A Disney formou uma parceria com a indiana Yash Raj Films para criar o desenho animado falado em hindi "Roadside Romeo", que estréia nesta sexta-feira. É a primeira parceria local da Disney na produção de um filme indiano.

A Disney, que também comprou um canal de TV infantil falado em hindi, está se interessando pela produção de filmes regionais, como também o estão a NBC, Viacom, Sony Pictures, Warner Brothers e Twentieth Century Fox.

"Para os estúdios de Hollywood, a expansão global já não significa unicamente vender seus produtos nesses mercados", disse Smita Jha, analista de entretenimento da PricewaterhouseCoopers (PWC).

A indústria de entretenimento e mídia em mercados emergentes como China, Índia e Rússia está prevista para crescer em ritmo mais que duas vezes maior que o dos países desenvolvidos, disse a PWC em relatório recente, e o crescimento mais rápido deve se dar na Índia.

Devido à regulamentação rígida do mercado chinês, a Índia é uma aposta melhor. A previsão é que a receita dos mercados de entretenimento e industrial indianos cresça em média 18,5 por cento até 2012, para mais de 36 bilhões de dólares, disse a PWC.

Hoje cerca de 95 por cento dos gastos dos consumidores nesse mercado são com filmes locais. Os estúdios de Hollywood antes se contentavam em dublar seus blockbusters em línguas regionais indianas ou em financiar produções locais, mas agora eles querem mais.

A Sony Pictures Entertainment recentemente lançou seu primeiro filme falado em hindi, "Saawariya" (Amada). O primeiro da Warner Bros' , "Chandni Chowk to China", tem lançamento previsto para o início de 2009, e a Fox Star Studios está fechando contratos com produtores de Bollywood.

"Não podemos ignorar o fato de que o entretenimento local domina na Índia", disse Vijay Singh, executivo-chefe da Fox Star Studios, uma joint venture da Twentieth Century Fox e da Star, pertencente à News Corp.

"Por isso queremos fazer mais do que simplesmente assinar um cheque -- queremos imbuir a alma indiana de práticas e processos de Hollywood."

 
<p>A atriz brit&acirc;nica Elizabeth Hurley (esq) posa para foto com a atriz indiana Sonam Kapoor durante um evento em Mumbai, na &Iacute;ndia, no dia 23 de outubro. A hist&oacute;ria de um cachorrinho que encontra o amor depois de ser abandonado numa favela de Mumbai &eacute; o primeiro filme da Walt Disney produzido na &Iacute;ndia e falado numa l&iacute;ngua local, e assinala as s&eacute;rias inten&ccedil;&otilde;es de Hollywood nesse mercado em r&aacute;pido crescimento. REUTERS/Punit Paranjpe (INDIA)</p>