Pai de Britney Spears mantém controle sobre bens da cantora

quarta-feira, 29 de outubro de 2008 12:19 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O pai de Britney Spears vai manter o controle sobre os assuntos pessoais e os negócios da cantora por um período indefinido, determinou um juiz de Los Angeles na terça-feira.

Jamie Spears e um advogado de Los Angeles ganharam pela primeira vez o controle temporário sobre os assuntos de Britney em fevereiro, depois que a cantora foi hospitalizada duas vezes para uma avaliação psiquiátrica.

A medida foi estendida até 31 de dezembro mas, na audiência de terça-feira, o juiz a tornou permanente. Spears pode pedir para que a decisão seja revertida mais tarde.

"A conservação é necessária e apropriada para a complexidade das entidades financeiras e de negócios, além dela ser bastante suscetível a influências", disse o juiz, Reva Goetz, de acordo com várias reportagens.

Desde fevereiro, Spears, de 26 anos, mudou sua vida. Ela chegou a um acordo com o ex-marido Kevin Federline sobre a custódia dos filhos e lançou um single chamado "Womanizer". Ela também está trabalhando em um novo disco, ganhou três prêmios do MTV Video Music e se prepara para sua primeira turnê mundial desde 2004.

O site de celebridades TMZ.com disse que foram os advogados de Spears que sugeriram tornar a medida permanente. Citando fontes não identificadas, o site disse que os advogados acreditam que, ao fazer isso, a cantora tem mais chance de recuperar a custódia dos filhos Sean Preston, 3, e Jayden James, 2, no futuro.

Já a revista People citou o advogado de Spears, que teria dito em uma audiência aberta que Spears "pediu que eu não me opusesse à conservação permanente".

Spears, uma das cantoras que mais venderam discos na última década, se endireitou depois de virar manchete em 2006 e 2007 por ter raspado a cabeça, internar-se em uma clínica de reabilitação, ir a festas sem usar calcinha e usar uma peruca rosa.

Na semana passada, ela escapou da condenação criminal por dirigir sem licença em 2007.

(Por Jill Serjeant)

 
<p>Foto de arquivo da cantora Britney Spears na cerim&ocirc;nia do Video Music Awards da MTV em setembro, Los Angeles. REUTERS/Phil McCarten</p>