Shakira fará lobby pelo bem-estar infantil junto a presidentes

quinta-feira, 30 de outubro de 2008 12:11 BRST
 

Por Catherine Bremer

SAN SALVADOR (Reuters) - Mostrando que sabe mexer muito mais que apenas seus quadris, a popstar Shakira vai fazer lobby junto a presidentes latino-americanos esta semana para lançar um projeto regional para injetar dinheiro em saúde e educação infantil.

A cantora vai discursar numa cúpula de lideres ibero-americanos que terá lugar em El Salvador, incluindo os presidentes do Brasil e de seu próprio país, a Colômbia, sobre a necessidade de alimentar e educar as crianças pobres, especialmente neste momento de depressão econômica global.

"Há tempos difíceis pela frente para a América Latina. Milhares de crianças vão morrer se os governos não organizarem maneiras de distribuir alimentos durante esta crise", disse a cantora à Reuters.

"Eu cresci no mundo em desenvolvimento e já testemunhei a falta de oportunidades com a qual as crianças convivem", acrescentou, falando ao telefone desde Miami.

"Num país como o meu, quando uma criança nasce pobre, as pessoas morrem pobres. Mas me fascina o fato de que através da educação é possível transformar vidas e pôr fim a esse ciclo de pobreza."

Cerca de 35 milhões de crianças latino-americanas vivem na pobreza, disse Shakira, com pouco ou nenhum acesso a alimentação e ensino adequados. Investir em um ano de ensino primário pode elevar a renda da pessoa quando adulta em até 20 por cento, disse ela.

As danças e baladas sedutoras de Shakira valeram à cantora uma enorme base mundial de fãs e vários prêmios Grammy. Ela começou a interessar-se por questões sociais alguns anos depois de iniciar sua carreira na música pop. Em 1997, fundou uma organização beneficente infantil na Colômbia chamada Fundação Pés Descalços - o nome de seu álbum de sucesso lançado no ano anterior.

Enquanto celebridades como Bono e Angelina Jolie focam suas atenções sobre a África, Shakira vem usando sua fama para fazer manchetes na América Latina, onde os índices altos de pobreza às vezes são esquecidos graças aos indicadores econômicos globais saudáveis.   Continuação...

 
<p>A cantora colombiana Shakira REUTERS/Enrique Marcarian (ARGENTINA) (Newscom TagID: rtrphotosthree521970) [Photo via Newscom]</p>