30 de Outubro de 2008 / às 14:18 / 9 anos atrás

Shakira fará lobby pelo bem-estar infantil junto a presidentes

<p>A cantora colombiana Shakira REUTERS/Enrique Marcarian (ARGENTINA) (Newscom TagID: rtrphotosthree521970) [Photo via Newscom]</p>

Por Catherine Bremer

SAN SALVADOR (Reuters) - Mostrando que sabe mexer muito mais que apenas seus quadris, a popstar Shakira vai fazer lobby junto a presidentes latino-americanos esta semana para lançar um projeto regional para injetar dinheiro em saúde e educação infantil.

A cantora vai discursar numa cúpula de lideres ibero-americanos que terá lugar em El Salvador, incluindo os presidentes do Brasil e de seu próprio país, a Colômbia, sobre a necessidade de alimentar e educar as crianças pobres, especialmente neste momento de depressão econômica global.

“Há tempos difíceis pela frente para a América Latina. Milhares de crianças vão morrer se os governos não organizarem maneiras de distribuir alimentos durante esta crise”, disse a cantora à Reuters.

“Eu cresci no mundo em desenvolvimento e já testemunhei a falta de oportunidades com a qual as crianças convivem”, acrescentou, falando ao telefone desde Miami.

“Num país como o meu, quando uma criança nasce pobre, as pessoas morrem pobres. Mas me fascina o fato de que através da educação é possível transformar vidas e pôr fim a esse ciclo de pobreza.”

Cerca de 35 milhões de crianças latino-americanas vivem na pobreza, disse Shakira, com pouco ou nenhum acesso a alimentação e ensino adequados. Investir em um ano de ensino primário pode elevar a renda da pessoa quando adulta em até 20 por cento, disse ela.

As danças e baladas sedutoras de Shakira valeram à cantora uma enorme base mundial de fãs e vários prêmios Grammy. Ela começou a interessar-se por questões sociais alguns anos depois de iniciar sua carreira na música pop. Em 1997, fundou uma organização beneficente infantil na Colômbia chamada Fundação Pés Descalços - o nome de seu álbum de sucesso lançado no ano anterior.

Enquanto celebridades como Bono e Angelina Jolie focam suas atenções sobre a África, Shakira vem usando sua fama para fazer manchetes na América Latina, onde os índices altos de pobreza às vezes são esquecidos graças aos indicadores econômicos globais saudáveis.

Shakira ajudou a lançar a Fundação ALAS (Ação de Solidariedade América Latina), responsável pela nova iniciativa, e vem fazendo lobby junto ao Congresso americano e ao primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, sobre a necessidade de educar as crianças nos países pobres.

“Meu coração está comprometido com esta causa há muitos anos, desde que eu tinha 18 anos”, disse Shakira, 31, que já vendeu cerca de 50 milhões de álbuns em todo o mundo.

“Gosto de pensar que posso usar meu perfil público para chamar a atenção a questões mais importantes que minhas próprias.”

Seu novo projeto vai buscar verbas de organizações como o Banco Mundial e se propõe a monitorar estreitamente os esforços dos governos, mas a cantora lamentou que não terá tempo para envolver-se em esforços de fiscalização em campo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below