BBC transmitirá pedido de desculpas por escândalo "Manuelgate"

sexta-feira, 7 de novembro de 2008 17:16 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A rádio britânica BBC vai transmitir um pedido de desculpas no sábado depois de um "ofensivo" trote telefônico feito pelos apresentadores Jonathan Ross e Russell Brand, que provocou milhares de reclamações e uma onda de protestos.

Durante o programa de Brand na rádio 2, no dia 18 de outubro, Brand e Ross deixaram mensagens grosseiras na secretaria eletrônica do ator Andrew Sachs, de 78 anos.

Os apresentadores brincaram que Brand havia dormido com Georgina Baillie, a neta de 23 anos de Sachs. O ator é conhecido pelo papel do garçom espanhol Manuel, na série britânica "Fawlty Towers".

A cobertura da mídia sobre o episódio, denominado de "Manuelgate" pelos jornais, despertou mais de 30.000 reclamações contra a BBC, além de pedidos pela demissão dos apresentadores.

Brand e Lesley Douglas, o chefe da radio 2, se demitiram, enquanto Ross, um dos mais bem pagos da BBC, foi suspenso por 12 semanas sem pagamentos.

O BBC Trust, órgão que supervisiona a radiodifusora, ordenou que a corporação transmita um pedido de desculpas pelas sérias quebras de padrões editoriais.

A BBC disse que isso seria feito na rádio 2 em horários que antes teriam programas apresentados por Brand e Ross.

"No dia 18 de outubro, a BBC transmitiu um diálogo entre Russel Brand e Jonathan Ross no programa Russell Brand na rádio 2. A transmissão envolveu o ator Andrew Sachs e sua neta, Georgina Baillie", dirá o pedido de desculpas.

"Partes deste diálogo foram registradas na secretária eletrônica do sr. Sachs. A conversa era muito ofensiva e uma intrusão inaceitável nas vidas privadas do sr. Sachs e da srta. Baillie. Foi uma séria quebra de padrões editoriais, que nunca deveria ter sido gravada ou transmitida. A BBC gostaria de pedir desculpas sinceras ao sr. Sachs, à srta. Baillie e aos nossos ouvintes".   Continuação...