ENTREVISTA-The Killers fica mais pop em novo disco

segunda-feira, 17 de novembro de 2008 13:54 BRST
 

NOVA YORK (Billboard) - O vocalista do The Killers, conhecido pelo visual camaleônico, parece adotar um novo look para cada disco que a banda lança.

Ele foi um dandy em "Hot Fuss", de 2004, e um caubói urbano em "Sam's Town", de 2006. Para "Day & Age", novo disco a ser lançado no dia 24 de novembro, Brandon Flowers se reinventou novamente e adotou o estilo new wave.

O visual faz sentido, já que o álbum foi produzido por Stuart Price, que trabalha com Madonna. As faixas soam como se tivessem sido retiradas de uma discoteca dos anos 1980.

Confira entrevista com Flowers.

Pergunta - Muitas bandas de rock têm blogs online. No entanto, você e The Killers são muito mais reservados. Você se sente pressionado para começar um site e contar a todo mundo o que comeu no café da manhã?

Resposta - Não sou muito bom em falar com os fãs. Não acho que sejamos misteriosos de propósito, mas essa coisa de blog e twitter não faz muito sentido para mim. Eu cresci antes de todo mundo ter computador e site. Não é que não nos importemos com os fãs, é que não sentimos necessidade de nos comunicar com eles desta maneira. Somos tão "da velha guarda" que sequer pagamos alguém para fazer um blog para nós.

P - Vocês têm liberdade para tomar decisões sobre a divulgação do novo disco?

R- Estamos muito envolvidos no processo. Tivemos idéias bastante específicas para o videoclipe de "Human" e procuramos diferentes abordagens. Nós nos damos bem com a gravadora e, no passado, dividimos os custos dos videoclipes ou pagamos por eles. Provamos a eles que estamos quase sempre certos e eles nos dão espaço para fazer o que precisamos.

P - O videoclipe de "Human" foi filmado em um deserto perto da sua cidade natal, Las Vegas. Foi importante para você fazer o videoclipe ali? Você ainda se sente próximo de Las Vegas?   Continuação...

 
<p>Brandon Flowers, vocalista da banda norte-americana The Killers REUTERS/Mike Cassese (CANADA)</p>