Guns N'Roses não lançará "Chinese Democracy" na China

sábado, 22 de novembro de 2008 16:16 BRST
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - Os fãs do Guns N' Roses na China terão de ir a um território "underground" para obter uma cópia do primeiro álbum da banda em 17 anos, que tem o título de "Chinese Democracy" e será lançado mundialmente no domingo.

A gravadora Geffen Records disse na sexta-feira que "é improvável que eles sejam aprovados para lançar o álbum na China continental."

O Ministério da Cultura da China tem a palavra final em tais assuntos, embora a crescente pirataria de produtos dificulte o trabalho.

A música título do álbum pode causar polêmicas. Evidentemente avaliando a liderança comunista na China, o vocalista Axl Rose diz que os seguidores do movimento espiritual Falun Gong "viram o fim e vocês não podem continuar agora."

Mas o álbum é destituído de palavrões e citações sexuais. Esse não foi o caso do último lançamento da banda. As duas versões de "Use Your Illusion," de 1991, eram cheias de fantasias sexuais, insultos, blasfêmias e pensamentos homicidas. Eles foram distribuídos pela Dunhuang, com sede em Pequim.

Na América, os álbuns tinham um selo de "conselho paterno" alertando os consumidores sobre o teor agressivo das músicas.