"Twilight" surpreende e lidera bilheteria nos EUA

domingo, 23 de novembro de 2008 19:23 BRST
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - "Twilight", o romance vampiresco que provocou expectativa entre as meninas, arrecadou mais do que o esperado nas bilheterias norte-americanas neste fim de semana, de acordo com estimativas dos estúdios divulgadas no domingo.

Estima-se que filme tenha obtido 70,55 milhões de dólares.

O filme deixou para trás "Bolt - Supercão", desenho da Walt Disney que estreou no terceiro lugar, arrecadando apenas 27 milhões de dólares -- uma decepção para o estúdio, que esperava um lucro de mais de 40 milhões de dólares.

"Twilight" foi a estréia mais bem-sucedida desde "Batman - O Cavaleiro das Trevas", que bateu um recorde na bilheteria norte-americana, arrecadando 158 milhões no primeiro fim de semana, em julho.

O campeão da semana passada, "Quantum of Solace", novo filme da série 007, caiu para o segundo lugar, com 27,4 milhões de dólares.

"Twilight", primeiro filme de franquia baseado nos best-sellers de Stephenie Meyer, foi lançado pelo estúdio independente Summit Entertainment LLC., já que a MTV Studios e a Fox Atomic recusaram o projeto.

Assim como a série "Harry Potter, o filme despertou expectativa entre os fãs durante meses -- neste caso entre as meninas e suas mães. Muitas fãs acamparam durante a madrugada de lançamento do filme, em Los Angeles, na segunda-feira. Centenas de exibições de "Twilight" à meia-noite se esgotaram rapidamente.

A indústria do cinema estimava que, ao longo de todo o fim de semana, os lucros do filme somassem 50 milhões de dólares, mas essa expectativa foi superada logo na sexta-feira, quando foram vendidos 36 milhões de dólares em ingressos -- quantia que quase equivale ao orçamento oficial do filme.

As mulheres correspondem a três quartos dos espectadores e 55 por cento deles têm menos de 25 anos de idade, segundo a Summit. A empresa está confiante em que públicos de outras faixas etárias também se interessem pela história.

"Os meninos logo vão aonde as meninas vão", disse Richit Fay, presidente do setor de distribuição local da Summit.