Grã-Bretanha é a grande vencedora do Emmy Internacional

terça-feira, 25 de novembro de 2008 09:25 BRST
 

Por Chris Michaud

NOVA YORK (Reuters) - Os programas britânicos dominaram o Emmy Internacional na segunda-feira. Já a Argentina e a Jordânia tiveram suas primeiras vitórias na premiação da TV.

A Argentina levou um dos prêmios mais importantes da 36a edição da cerimônia -- melhor filme para TV ou minissérie, por "Television Por La Identidad", que fala sobre as mulheres grávidas "desaparecidas" entre 1976 e 1983 e a busca pelas crianças.

As produções britânicas ganharam boa parte das outras categorias, seguindo o mesmo padrão dos últimos anos. Os atores David Suchet e Lucy Cohu ganharam os prêmios principais de atuação.

Suchet venceu por sua performance na série "Maxwell", na qual interpreta o protagonista Robert Maxwell, um magnata da mídia em apuros. Cohu ganhou por "Forgiven", no qual é uma dona de casa suburbana que descobre que o marido abusa sexualmente da filha.

"The IT Crowd", outra produção britânica, ganhou o prêmio de melhor comédia; "Life on Mars" ganhou melhor drama, e "Shaun the Sheep" foi considerado o melhor programa infantil.

A Jordânia ganhou seu primeiro Emmy pela telenovela "The Invasion Igtiyah", história de amor que se passa em meio às operações militares israelenses em cidades da Cisjordânia, em 2002.

Já o prêmio de melhor reality show foi para o polêmico "The Big Donor Show", da Holanda, no qual as pessoas disputam o rim de uma mulher doente que será doado para transplante. O objetivo do programa era apontar os problemas das leis de doação de órgãos no país.

 
<p>Atriz brit&acirc;nica Lucy Cohu ap&oacute;s vencer Emmy Internacional, em Nova York. Os programas brit&acirc;nicos dominaram o Emmy Internacional na segunda-feira. J&aacute; a Argentina e a Jord&acirc;nia tiveram suas primeiras vit&oacute;rias na premia&ccedil;&atilde;o da TV. REUTERS/Chip East</p>