Quirguistão tira serviço local da BBC do ar

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008 15:12 BRST
 

BISHKEK (Reuters) - O Quirguistão tirou o serviço local da rádio BBC e a rádio norte-americana Liberty do ar depois de acusá-las de violações de suas obrigações, disse a rádio estatal quirguiz nesta sexta-feira.

A rede de televisão e rádio estatal KNTR disse que desligou o serviço local de rádio da BBC, pois a companhia inglesa não teria instalado equipamentos técnicos.

"Quando eles cumprirem suas obrigações, o contrato será prolongado", disse à Reuters Melis Eshimkanov, diretor da

KNTR.

Eshimkanov também disse que o serviço local da RFE/RL, baseada em Praga, também tinha sido tirado do ar, porque a empresa devia à sua companhia 57.000 dólares em taxas de serviço. Não foi possível entrar em contato com a RFE/RL sobre o assunto.

A BBC disse em nota que estava ciente do problema.

"A BBC está trabalhando para descobrir o motivo de nossos programas terem sido tirados do ar", informou em nota a empresa.

O Quirguistão se posicionou como uma ilha de liberalismo na antes autoritária região da Ásia central, permitindo que jornalistas e opositores trabalhassem livremente.

Mas a oposição aumentou suas críticas ao presidente Kurmanbek Bakiyev neste ano, acusando-o de aumentar seu poder no governo e de pressionar jornalistas independentes.

As críticas públicas ao seu governo também cresceram devido às altas nos preços de alimentos e à falta de energia elétrica na ex-república soviética, que possui bases militares da Rússia e dos Estados Unidos.

(Reportagem de Olga Dzyubenko)