Barbra Streisand e Morgan Freeman são homenageados em Washington

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008 12:03 BRST
 

Por Patrick Rucker

WASHINGTON (Reuters) - Roqueiros lendários, cantores e astros de Hollywood e da Broadway foram saudados por suas contribuições vitalícias à cultura norte-americana, com uma performance de gala que teve a presença do presidente George W. Bush.

A cantora e atriz Barbra Streisand, o músico country George Jones, o ator Morgan Freeman, a coreógrafa Twyla Tharp e os músicos Roger Daltrey e Pete Townshend, da banda de rock britânica The Who, foram homenageados com apresentações de amigos e contemporâneos, domingo, na capital dos EUA.

Os seis artistas receberam os Kennedy Center Honors, o maior prêmio dos EUA por contribuições vitalícias à cultura e arte popular, numa recepção no dia anterior.

Videomontagens biográficas e comoventes tributos pessoais lembraram o início de suas carreiras e celebraram suas contribuições.

O ator premiado com o Oscar Denzel Washington lembrou um conselho que ouviu de Morgan Freeman quando sugeriu improvisar uma luta durante uma produção de Shakespeare, em 1979.

"Ele falou 'tudo bem, Denzel. Vamos bater espadas três vezes - clique, clique, clique. Eu enfio a espada em você. Você cai e morre'," contou Washington, provocando gargalhadas no público de políticos, doadores destacados e outros convidados ao evento de gala.

A primeira-dama Laura Bush disse que ela e seu marido são fãs de George Jones, cujas músicas estão no iPod de seu marido.

Bush abraçou Streisand num vídeo de uma recepção na Casa Branca, no mesmo dia, apesar de ela ter sido crítica acirrada de sua eleição em 2000 e de seu histórico subsequente de atuação na presidência.   Continuação...

 
<p>Presidente dos EUA, George W. Bush, e a primeira-dama, Laura Bush, cantam o hino nacional americano no Kennedy Center Honors, em Washington. Junto com eles, a partir da esquerda, Twyla Tharp, Roger Daltrey, Pete Townshend, Barbra Streisand, Morgan Freeman e George Jones. REUTERS/Joshua Roberts</p>