Príncipe Harry "fecha" contrato de US$15 bilhões para caridade

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008 17:13 BRST
 

Por Paul Adrian Raymond

LONDRES (Reuters) - O príncipe Harry da Grã-Bretanha desafiou o arrocho do crédito e fechou um contrato de 10 bilhões de libras (15 bilhões de dólares), através de uma importante firma de corretagem de Londres, em prol de organizações beneficentes.

Numa visita à firma de corretagem eletrônica ICAP, em Londres, na quarta-feira, o príncipe de 24 anos confirmou o contrato com um cliente importante, e, nesse processo, levantou dinheiro para organizações beneficentes em todo o mundo.

Cercado por corretores fantasiados, o príncipe passou o dia na ICAP em seu Dia de Caridade anual, quando os funcionários se fantasiam, e a receita é doada para ajudar projetos em lugares como Mumbai, Sydney e Bogotá.

Harry comemorou seu negócio fechado por telefone com o grito tradicional de "Yours!", sendo aplaudido por funcionários da ICAP fantasiados de personagens como Amy Winehouse e cantores gospel.

John Herbert, diretor-gerente de câmbio e mercados monetários da ICAP, orientou o príncipe ao longo da transação.

"Eu estava fantasiado de Viúva Tankey (uma personagem tradicional de pantomimas), então, naturalmente, não tinha muita credibilidade diante do príncipe ou de meus funcionários", disse Herbert à Reuters.

Herbert fez o príncipe negociar um acordo complexo chamado Sterling Overnight Index Swap, ou "Sonia".

"Pusemos o príncipe na linha com o cliente e lhe dissemos o que fazer", explicou Herbert. "Ele disse três vezes 'estou nervoso, espero não errar'. Mas ele acertou tudo e o negócio foi fechado. Nada mau para um principiante!"

Apesar das condições precárias do mercado no momento, a ICAP disse que os negócios do dia levantaram cerca de 11 milhões de libras (16 milhões de dólares) para fins beneficentes. O valor obtido no ano passado foi de 9,2 milhões de libras.

O dinheiro será doado a projetos em várias partes do mundo, incluindo um que ajuda crianças carentes em Mumbai e outro, Crimestoppers, que combate a criminalidade em Londres.

 
<p>O pr&iacute;ncipe Harry, da Gr&atilde;-Bretanha, que fechou um contrato de 15 bilh&otilde;es de d&oacute;lares para caridade EDITORIAL USE ONLY, NO ARCHIVE, NO SALES REUTERS/Crown Copyright/HO (BRITAIN). EDITORIAL USE ONLY. NOT FOR SALE FOR MARKETING OR ADVERTISING CAMPAIGNS (Newscom TagID: rtrphotos2905625) [Photo via Newscom]</p>