Michael Jackson nega estar com problemas de saúde

terça-feira, 23 de dezembro de 2008 08:47 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) Um porta-voz do cantor Michael Jackson divulgou um comunicado, na terça-feira, negando uma reportagem segundo a qual o ex-rei do pop precisaria passar por um transplante de pulmão, devido a uma rara doença respiratória. É uma "fabricação total", disse a nota.

O comunicado, atribuído ao "único e oficial porta-voz de Michael Jackson, sr. Tohme Tohme" e divulgado pela Scoop Marketing, cita uma entrevista com o escritor Ian Halperin publicada no jornal britânico Sunday Express. Na reportagem, Halperin disse que Jackson sofria da deficiência de Alfa-1-antitripsina.

Halperin, que trabalha numa biografia não-autorizada do cantor, também disse que Jackson mal pode falar, sofre de enfisema e hemorragias internas, além de ter perdido 95 por cento da visão no olho esquerdo.

"A respeito das alegações do autor, esperamos que, no futuro, a mídia legítima não continue a explorar uma tentativa tão óbvia de promover essa 'biografia não-autorizada", disse o comunicado atribuído a Tohme.

"As alegações selvagens do escritor sobre a saúde de Michael Jackson são uma fabricação total", disse o comunicado. "A saúde do sr. Jackson está ótima e ele está finalizando negociações com uma enorme empresa de entretenimento e uma rede de televisão, para fazer uma turnê mundial e uma série de aparições especiais".

Jackson, de 50 anos, um dos artistas que mais vendeu discos em todos os tempos, começou a carreira ao lado dos irmãos, no grupo Jackson 5. Mas, desde os anos 1990, sua carreira desmoronou devido a escândalos e revelações sobre seu estilo de vida excêntrico. Ele foi processado e absolvido por abuso sexual de crianças em 2005.

(Reportagem de Bob Tourtellotte)

 
<p>O cantor Michael Jackson negou que esteja mal de sa&uacute;de REUTERS/Kim Kyung-Hoon (JAPAN)</p>