"Austrália" é mais uma decepção para Nicole Kidman

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008 13:59 BRST
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - Talvez Crocodilo Dundee devesse ter estrelado em "Austrália".

A Twentieth Century Fox parece ter desistido do épico do diretor Baz Luhrmann no mercado norte-americano, e espera que a bilheteria no exterior salve a superprodução.

O filme teve uma bilheteria de 44,3 milhões de dólares em cinco fins de semana no Canadá e Estados Unidos, e parece que será mais uma decepção para a estrela Nicole Kidman.

O estúdio -de propriedade da News Corp- espera que "Austrália" atinja os 50 milhões de dólares no mercado doméstico. O projeto custou 130 milhões de dólares, e os cinemas ficam com metade da renda.

"Esperávamos ganhar mais nos EUA, mas é difícil. Tem muita competição", disse Bert Livingston, vice-presidente de distribuição doméstica da Fox.

Além da bilheteria fraca, "Austrália" não recebeu nenhuma indicação ao Globo de Ouro, ao prêmio do Sindicato dos Atores de Cinema nem à Escolha da Crítica. A Fox esperava que prêmios ampliassem a audiência do filme para além de seu público principal, de mulheres mais velhas.

No fim de semana passado, prolongado pelo Natal, "Austrália" despencou dez posições no ranking, ficando em 19o lugar, com bilheteria de 1,3 milhão de dólares por quatro dias, de acordo com a Media By Numbers. O filme de maior bilheteria foi a comédia canina da Fox "Marley & Eu", que estreou com 50, 7 milhões de dólares.

Em "Austrália", Kidman interpreta uma fria aristocrata inglesa que se apaixona por um vaqueiro interpretado pelo seu compatriota Hugh Jackman, quando os dois tocam sua boiada pelo sertão australiano durante os primeiros dias da Segunda Guerra Mundial.

A crítica não foi unânime, mas em geral foi positiva.

Apesar de ganhar um Oscar em 2003 por "As Horas", Kidman não gera grandes bilheterias. A atriz de 41 anos nunca estrelou um filme que tenha arrecadado mais de 100 milhões de dólares na América do Norte. Suas recentes decepções incluem "A Invasão" e "A Pele". A revista Forbes disse em setembro que ela é a celebridade com o salário mais exagerado de Hollywood.

 
<p>Talvez Crocodilo Dundee devesse ter estrelado em "Austr&aacute;lia". A Twentieth Century Fox parece ter desistido do &eacute;pico do diretor Baz Luhrmann no mercado norte-americano, e espera que a bilheteria no exterior salve a superprodu&ccedil;&atilde;o. REUTERS/Sergio Perez</p>