Casa de Bruce Lee em Hong Kong será atração turística

terça-feira, 6 de janeiro de 2009 16:06 BRST
 

Por James Pomfret

HONG KONG (Reuters) - Um lance filantrópico feito por um magnata de Hong Kong para preservar uma casa onde morou Bruce Lee foi aprovado na terça-feira. O magnata pretende transformar a casa em uma enorme atração turística, em homenagem ao ícone do cinema.

O sinal verde vem depois de uma longa batalha dos fãs para salvar a casa de dois andares de um destino ingrato -- virar um motel no subúrbio de Kowloon.

O destino da última casa de Bruce Lee ficou suspenso por anos, até que seu dono, Yu Pang-lin, gigante do ramo imobiliário e hoteleiro, tomou a decisão de doá-la para a cidade onde Bruce Lee ficou famoso.

"Ambos os lados agora chegaram a um consenso e vão adiante. Essencialmente, irão em frente com este bom plano", disse Yu a repórteres depois de um encontro com autoridades do governo.

"Tenho 88 anos de idade agora e espero viver o suficiente para ver este museu sobre Bruce Lee ser completo", acrescentou.

O departamento de Comércio e Desenvolvimento Econômico de Hong Kong concordou em preservar "a fachada original do prédio e suas dependências", com o objetivo de revitalizar a casa no longo prazo, deixando-a sustentável para ser uma atração turística.

Partes da casa serão recriadas, incluindo a sala de estudos e treinos de Lee, cheia de armas e outros artigos utilizados por ele nas artes marciais.

Alguns detalhes ainda têm de ser decididos, mas Yu quer que o local, que já serviu de motel com quartos alugados por hora, inclua uma biblioteca, um centro de artes marciais e um cinema para apresentar toda a vida e obra de Lee.   Continuação...

 
<p>Casa que pertenceu a Bruce Lee em Hong Kong REUTERS/Bobby Yip (CHINA)</p>