ESTRÉIA-Animação "O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes" usa 3D

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009 11:10 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Continuação do filme de 2001, a animação brasileira "O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes" apresenta novas aventuras do inseto do título e seus amigos, agora com um diferencial. Ao contrário do primeiro filme, feito em técnica 2D, este é inteiramente animado com tecnologia 3D.

O filme estréia em todo o país nesta sexta-feira.

Dirigido pelo time de pai e filho Walbercy e Rafael Ribas, "O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes" prima pelo seu colorido e personagens simpáticos, que falam diretamente ao público infantil, com uma história simples e humor ingênuo.

O Grilo Feliz é um músico de bom coração que pensa em fazer um trabalho com crianças carentes. Porém, algo de estranho está acontecendo. Um misterioso inseto gigante, conhecido como Trambika, atrai crianças de rua com doces e coloca-as para trabalhar.

Enquanto isso, o sapo Netão e seu grupo de rap procuram uma voz feminina para cantar com eles, fazer sucesso, e, assim sair da favela. Na Festa da Primavera, o Grilo Feliz conhece Pétala, uma grila linda e dona de uma bela voz, que logo conquista o herói e os rappers, que a sequestram, para tristeza do Grilo.

Nem tudo sai como o planejado. Depois de ensinar raps para Pétala, Netão e sua banda preparam o primeiro show, que termina em confusão, mas não impede de que o CD da banda seja pirateado.

Com a ajuda do Grilo, Netão, Pétala e outros insetos tentarão descobrir quem fez a pirataria e salvar as crianças do trabalho forçado.

Com uma estrutura simples, "O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes" encontra o ponto certo para dialogar com seu público alvo, além de levar para a tela músicas recentes de sucesso, como "Festa", que ficou famosa na voz de Ivete Sangalo, e "Amor Maior", da banda Jota Quest.

(Por Alysson Oliveira, do Cineweb)

* As opiniões expressas são responsabilidade do Cineweb