Morre diretor francês Claude Berri, aos 74 anos

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 13:39 BRST
 

PARIS (Reuters) - O produtor e diretor francês Claude Berri, cuja filmografia inclui "Jean de Florette", morreu, informou o gabinete do presidente francês, Nicolas Sarkozy, na segunda-feira.

Berri, de 74 anos, foi internado no hospital Pitié-Salpêtrière, em Paris, no fim de semana, com uma séria complicação neurológica.

Entre seus filmes mais populares, estão as adaptações dos contos trágicos da vida provençal de Marcel Pagnol, "Jean de Florette" e "A Vingança de Manon", com Gérard Dipardieu, Yves Montand e Emmanuelle Beart.

Ele também dirigiu uma adaptação de "Germinal", de Emile Zola, e foi um produtor bastante criativo. Entre os filmes produzidos por ele, estão "Tess- Uma Lição de Vida", de 1979, e "Bem-vindo ao Norte", seu mais bem sucedido filme francês.

"Ele podia trabalhar em qualquer gênero, fazendo-nos chorar ou rir, mas, acima de tudo, ele fez seu público pensar e se questionar, ele educou o espectador", disse o Palácio Elysée.

(Por Yann Le Guernigou)

 
<p>Claude Berri, produtor e diretor franc&ecirc;s, que acaba de morrer aos 74 anos REUTERS/Jean-Paul Pelissier/Files (FRANCE)</p>