Tesouro literário de Nova York é resgatado de depósito

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 16:55 BRST
 

Por Jon Hurdle

FILADÉLFIA (Reuters) - Um tesouro literário que inclui obras de Tennessee Williams e Arthur Miller, além de textos dos séculos 18 e 19, foi resgatado da célebre mas hoje desativada livraria Gotham Book Mart.

A coleção de 220 mil obras, que incluem livros, periódicos, pôsteres e catálogos, estava num depósito no Connecticut desde 2005, quando a livraria de 85 anos, que durante anos atraiu figuras literárias diversas em Nova York, foi fechada.

A Biblioteca de Livros e Manuscritos Raros da Universidade de Pensilvânia recebeu a doação do arquivo e já começou a receber as 3.800 caixas contendo a coleção, transportadas em oito caminhões. A biblioteca vai passar vários anos avaliando e catalogando as obras.

Seu diretor, David McKnight, disse que os livros e outros itens estão em ótimas condições porque foram mantidos num ambiente seco e fresco desde que foram removidos da loja Gotham.

O tesouro literário foi doado de modo anônimo à Penn, uma de cinco entidades que o haviam solicitado, e vale pelo menos 4 milhões de dólares, segundo McKnight. A coleção foi adquirida originalmente pelo doador por 400 mil dólares quando a Gotham foi fechada.

Ela contém primeiras edições, revistas literárias experimentais e cópias adiantadas de leitor de obras conhecidas. Cerca de um terço da coleção é classificada como "livros raros", disse McKnight.

Os temas cobertos incluem poesia e prosa, arte, arquitetura, fotografia, música, dança e cinema. Além dos escritores modernistas dos anos 1930 e 1940, a coleção inclui materiais valiosos dos séculos 18 e 19.

"Isto foi um grande achado", disse McKnight. "É um arquivo literário incrível e vai nos ajudar a preencher as brechas em nossa coleção sobre a história da edição literária no século 20."   Continuação...