Avião jumbo vira albergue na Suécia

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009 11:47 BRST
 

Por Ilze Filks

ARLANDA, Suécia (Reuters) - Muita gente detesta a ideia de dormir em aviões. Mas o empreendedor sueco Oscar Dios acha possível convencê-las do contrário, e para provar criou o primeiro albergue-jumbo do mundo.

Trata-se de um avião jumbo de verdade, no principal aeroporto da Suécia, nos arredores de Estocolmo. A aeronave foi dividia em 25 quartos, com capacidade para até 72 hóspedes.

"Soube que este avião estava abandonado no aeroporto de Arlanda, e eu andava tentando o conceito de albergues em muitas casas e edifícios diferentes", disse ele à Reuters. "Pensei: 'Por que não um avião?"

O Jumbo Hostels foi aberto ao público na quinta-feira, com quartos que podem ser descritos como, digamos, aconchegantes.

"A parte mais desafiadora deste projeto foi tentar construir algo dentro de uma fuselagem metálica - é realmente apertadíssimo."

O jato, originalmente fabricado para a Singapore Airlines, foi desativado em 2002. Ele agora está fincado em uma fundação de concreto, com o trem de pouso preso com aço.

Uma vantagem do novo albergue é o preço - quartos a partir de 350 coroas (cerca de 41 dólares), bem abaixo do valor habitual de quartos nos arredores de grandes aeroportos.

Outro detalhe: os hóspedes podem se casar numa das asas e em seguida passar a lua-de-mel na suíte mais luxuosa, que fica na cabine do piloto. Funcionários do hotel se encarregam da cerimônia para os pombinhos.

Mas, em alguns aspectos, este hotel não passa de um avião - a maioria dos hóspedes precisa dividir os nove banheiros do jato, e os funcionários usam roupas de comissários. O único quarto com banheiro individual é a suíte da lua-de-mel.