Guerra, imigração e política na mira no Oscar de estrangeiro

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 12:41 BRST
 

Por Alex Dobuzinskis

LOS ANGELES (Reuters) - Três filmes com forte temática política estão entre os indicados ao Oscar na categoria língua estrangeira, sendo que o pacifista "Valsa com Bashir" concorre como o primeiro filme israelense com possibilidade de conseguir um Oscar.

Os outros indicados ao Oscar de melhor filme em língua estrangeira são "Entre os Muros da Escola" (França), "The Baader Meinhof Complex" (Alemanha), "Departures" ("Okuribito") (Japão) e "Revanche" (Áustria).

"É uma lista boa. Gosto especialmente do filme israelense", disse o crítico de cinema Emanuel Levy, autor do livro "All About the Oscars".

"Valsa com Bashir", um misto de documentário e animação, trata da invasão israelense do Líbano em 1982, trazendo as memórias do diretor Ari Folman, que combateu no conflito.

"Meu filme faz uma declaração muito forte anti-guerra", disse Folman, cujo filme eleva para oito as indicações israelenses ao Oscar.

O diretor Uli Edel, 61 anos, disse que fez "The Baader Meinhof Complex", sobre o grupo alemão radical de esquerda Baader Meinhof, dos anos 1970, para ensinar a seus filhos de 20 e poucos anos sobre a política violenta que submergiu o movimento estudantil de seu país quando ele tinha a idade deles.

"Ainda não é uma história muito conhecida aqui nos EUA", disse Edel, que hoje vive em Los Angeles.

"Entre os Muros da Escola", que ganhou a Palma de Ouro de melhor filme em Cannes no ano passado, mostra as dificuldades enfrentadas por um professor secundário em Paris para ensinar uma classe de alunos em sua maioria imigrantes.   Continuação...

 
<p>Cena do filme israelense Valsa com Bashir REUTERS/Sony Pictures Classics/Handout (UNITED STATES). NO SALES. NO ARCHIVES. FOR EDITORIAL USE ONLY. NOT FOR SALE FOR MARKETING OR ADVERTISING CAMPAIGNS.</p>