Chris Brown se desculpa por agressões e diz que procura ajuda

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009 13:56 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O cantor de R&B Chris Brown, preso no fim de semana passado por suspeita de ter atacado uma mulher que se acredita seja a cantora Rihanna, disse no domingo que "lamenta e está entristecido" com o incidente e que está procurando ajuda psicológica.

Conhecido por canções líderes das paradas como "Run It!" e "Forever", o cantor está escondido desde o suposto desentendimento com sua namorada num Lamborghini alugado.

Ele contratou uma firma de relações públicas especializada em administração de crises, para divulgar um comunicado de cinco sentenças em que disse que muitos órgãos de mídia e blogs se equivocaram.

"As palavras nem conseguem começar a expressar o quanto lamento e estou triste pelo que aconteceu", disse ele. "Estou procurando a ajuda de meu pastor, minha mãe e meus entes queridos, e, com a ajuda de Deus, sairei disto uma pessoa melhor."

Ele não mencionou seu pai, que na sexta-feira teria dito à revista People que o filho estava muito arrependido."

A Polícia e a promotoria não revelaram oficialmente que Rihanna foi a vítima da agressão de Brown, logo após a meia-noite de 8 de fevereiro. Mas fontes policiais não-identificadas disseram ao Los Angeles Times que Rihanna foi a vítima, e a mesma informação foi divulgada por várias publicações.

Brown entregou-se à polícia e foi fichado por suspeita de fazer ameaças criminais a uma mulher. A promotoria de Los Angeles disse que ainda não decidiu seu vai indiciar o cantor.

Revistas e sites de celebridades disseram que o incidente ocorreu pouco depois de Brown ter saído de uma festa em Beverly Hills, levando Rihanna em seu carro. A cantora de 20 anos nascida em Barbados sofreu contusões no rosto e no lábio, segundo vários relatos.

Em seu comunicado, Brown acrescentou: "Muito do que vem sendo especulado ou escrito em blogs e na mídia está errado. Eu gostaria de dizer mais, mas, enquanto as questões legais não forem resolvidas, só posso dizer que não escrevi mensagens ou fiz posts no Facebook, blogs ou outros lugares. Os posts sob meu nome são falsos."

Apesar da gravidade das acusações, muitos colegas de Chris Brown no showbiz o defenderam. Mais recentemente, o astro do hip-hop Kanye West disse "não podemos dar uma folga a Chris?" durante uma gravação de "Storytellers", do VH1.

 
<p>O cantor de R&amp;B Chris Brown, preso no fim de semana passado por suspeita de ter atacado uma mulher que se acredita seja a cantora Rihanna, disse no domingo que "lamenta e est&aacute; entristecido" com o incidente e que est&aacute; procurando ajuda psicol&oacute;gica. REUTERS/Lucas Jackson/Files (UNITED STATES)</p>