Assassino de ator de Harry Potter é condenado à prisão perpétua

quinta-feira, 5 de março de 2009 19:03 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O homem que esfaqueou até a morte o adolescente Rob Knox, ator do filme "Harry Potter", foi condenado à prisão perpétua nesta quinta-feira e deverá ficar, no mínimo, 20 anos na cadeia.

Karl Bishop, de 22 anos, que sorriu ao ouvir a sentença, matou Knox, de 18 anos, em um ataque de vingança do lado de fora de um bar no sudeste de Londres em maio de 2007 enquanto o ator tentava proteger seu irmão mais novo.

Bishop também foi condenado por ferir quatro amigos de Knox durante o confronto, de acordo com a Press Association.

A corte soube que Bishop esteve envolvido em outra briga com Knox no mesmo bar na semana anterior ao crime, na qual ele disse "Voltarei na semana que vem, e alguém irá morrer".

O tribunal soube também que Bishop não demonstrou "qualquer sinal de remorso" e quando soube da morte de Knox, disse: "Sim, legal".

Após o anúncio da sentença, a mãe do ator, Sally Knox, disse que iniciará campanha para acabar com crimes com faca.

"Trabalharemos para nos assegurarmos que sua morte não seja em vão", ela disse.

O pai de Knox, Colin, acrescentou: "Estamos imensamente aliviados que a justiça foi feita, embora não haja nada que possa compensar o sentimento perturbador de perda".

(Reportagem de Michael Holden)