CORREÇÃO-Retrato desconhecido de Shakespeare é revelado

terça-feira, 10 de março de 2009 12:38 BRT
 

(Corrige na reportagem de segunda-feira a idade do retrato no primeiro parágrafo de 300 anos para 400 anos)

LONDRES (Reuters) - Um grupo de conservação patrimonial anunciou nesta segunda-feira a descoberta de um retrato de 400 anos do dramaturgo inglês William Shakespeare, que seria a única imagem autêntica do escritor feita durante a sua vida.

Até o momento, apenas duas imagens foram aceitas como representações autênticas do mais famoso dramaturgo inglês de todos os tempos, ambas pintadas após a sua morte e baseadas em recordações.

O novo retrato descoberto, no entanto, foi pintado em 1610, seis anos antes da morte de Shakespeare, quando ele teria 46 anos, de acordo com Paul Edmondson, do grupo The Shakespeare Birthplace Trust.

A alegação da entidade é respaldada por evidências encontradas através de uma verificação feita com raio-x e por análises de refletografia com infravermelho da pintura e seu painel.

A característica mais impactante do retrato é que Shakespeare aparece com mais cabelo do que nas imagens conhecidas anteriormente.

O retrato estava em poder da família Cobbe há gerações. Os membros da família são parentes distantes do único patrocinador literário conhecido de Shakespeare, Henry Wriothesley, o terceiro conde de Southampton.

O dono da peça, Alex Cobbe, visitou em 2006 uma exibição na Galeria Nacional de Retratos de Londres chamada "Procurando Shakespeare", onde viu uma pintura que já havia sido aceita como sendo um retrato do poeta inglês. Ele percebeu então que a obra se tratava de uma cópia do retrato que estava na coleção da família.

O novo retrato será exibido numa mostra chamada "Shakespeare Encontrado" entre 23 de abril e 6 de setembro de 2009.

(Reportagem de Petra Spescha)

 
<p>Diretor do grupo The Shakespeare Birthplace Trust, Stanley Wells, posa para fot&oacute;grafos ao lado do rec&eacute;m descoberto retrato de Shakespeare de mais de 300 anos, em Londres. REUTERS/Luke MacGregor</p>