Michael Jackson decide aumentar número de shows em Londres

quarta-feira, 11 de março de 2009 13:26 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Michael Jackson vai acrescentar mais shows aos dez concertos planejados para Londres, já anunciados como seu retorno à música ao vivo, anunciaram organizadores dos espetáculos na quarta-feira.

O cantor de 50 anos vem vivendo recluso desde que foi absolvido num julgamento por abuso sexual infantil, em 2005. Seu último conjunto de apresentações ao vivo aconteceu há 12 anos, e ele não grava um álbum de música nova desde "Invincible", de 2001.

Na semana passada ele anunciou seu longamente aguardado retorno no O2 Arena de Londres, onde pretende fazer uma "residência", em estilo do que é comumente feito em Las Vegas, com uma série de dez concertos começando em 8 de julho.

"Os ingressos para os dez shows no O2 que começaram a ser vendidos esta manhã às 7h já estão esgotados", disse a Outside Organization, a empresa de relações públicas que representa a AEG Live, promotora dos shows.

"Devido ao nível inusitado de interesse, Michael Jackson autorizou a AEG Live a acrescentar shows ao vivo."

Não ficou claro de imediato quantos concertos serão acrescentados. O site da revista musical Rolling Stone informou que foram reservadas 12 datas adicionais para shows.

Michael Jackson ainda é o "Rei do Pop" para suas multidões de fãs, apesar de seu comportamento e aparência ocasionalmente bizarros nos últimos anos. Ele já vendeu cerca de 750 milhões de discos, conquistou 13 Grammy e é visto como um dos maiores artistas pop de todos os tempos.

Os organizadores disseram que os fãs devem procurar o site www.michaeljacksonlive.com para informações sobre as apresentações adicionais.

 
<p>Astro pop Michael Jackson durante entrevista coletiva em Londres. 05/03/2009. REUTERS/Stefan Wermuth (GR&Atilde;-BRETANHA)</p>