Ex-Big Brother britânica Jade Goody morre de câncer

domingo, 22 de março de 2009 10:34 BRT
 

Por Toby Melville

UPSHIRE, Inglaterra (Reuters) - Jade Goody, ex-assistente de dentista, cujos últimos dias de vida foram acompanhados pela TV em aparições em um realtity show que gerou controvérsia no Reino Unido, morreu de câncer no domingo.

Aos 27 anos e mãe de duas crianças, Goody havia se casado com o namorado em uma cerimônia televisionada, no mês passado. Ela morreu enquanto dormia em sua casa em Essex, sudeste da Inglaterra.

"Jade morreu às 3h55 da manhã", disse, emocionada, sua mãe Jackiey Budden diante da casa. "Familiares e amigos gostariam de privacidade finalmente."

Com infindáveis detalhes sobre a batalha de Goody contra o câncer, a mídia vem sendo acusada de obsessão com a história dela.

O ministro Gordon Brown disse em um comunicado que "ela foi uma mulher corajosa diante da vida e da morte e todo o país admira sua determinação para dar um futuro promissor às suas crianças".

Goody ficou famosa em 2002 após participar do Big Brother britânico, o programa de TV em que os participantes ficam trancados em uma casa e tem todos os seus movimentos televisionados.

Inicialmente ridicularizada por sua aparentemente falta de instrução --ela pensava que Saddam Hussein era um lutador de boxe-- e criticada por seu comportamento agressivo diante de outros competidores, Goody gradualmente ganhou a simpatia do público por sua sinceridade.

Ela teve grande exposição na mídia, publicou sua autobiografia e lançou um perfume, mas sua popularidade foi abalada em 2007 após ataques racistas contra a atriz indiana Shilpa Shetty, sua companheira na casa em um novo reality show, o Celebrity Big Brother.

Mas foi durante sua participação em uma versão indiana do Big Brother, em agosto do ano passado, que ela descobriu sobre o câncer. Goody abandonou o show para retornar ao Reino Unido para tratamento e, mais tarde, descobriu que sua doença era terminal.

A decisão de tornar seus últimos dias públicos, com o objetivo de deixar o dinheiro recebido para os filhos, restaurou sua popularidade no país.

 
<p>ade Goody, ex-assistente de dentista, cujos &uacute;ltimos dias de vida foram acompanhados pela TV em apari&ccedil;&otilde;es em um realtity show que gerou controv&eacute;rsia no Reino Unido, morreu de c&acirc;ncer no domingo. REUTERS/Tanushree Punwani (INDIA)</p>