Grécia devolve murais do século 13 à Itália

terça-feira, 24 de março de 2009 12:17 BRT
 

ATENAS (Reuters) - A Grécia devolveu à Itália dois murais contrabandeados de uma Igreja italiana há mais de 20 anos, informou o Ministério da Cultura nesta terça-feira.

Os afrescos, datados do século 13, foram roubados de uma Igreja na região de Campania, no sul do país, em 1982. A polícia grega encontrou-os em 2006 em uma pequena ilha em Aegean, no sul da Grécia, durante uma operação anticontrabando.

"Este é mais um passo promovido em cooperação com os italianos", disse em comunicado o ministro da Cultura da Grécia, Antonis Samaras. "Nós estamos juntos nessa 'guerra' contra este mal que mancha nossos países."

Grécia e Itália, que são conhecidas como "museus a céu aberto", têm adotado nos últimos anos uma campanha para recuperar artefatos antigos. No ano passado, a Itália devolveu à Grécia dois fragmentos de mármore do Parthenon depois de anos de negociações.

A Grécia tem pedido há muito tempo à Grã-Bretanha para devolver pedaços de antigas esculturas inestimáveis, também conhecidas como os mármores de Elgin, os quais foram retirados do Parthenon em 1801 pelo lord Elgin e que hoje estão no Museu Britânico.

(Reportagem de Renee Maltezou)