Kelly Clarkson e U2 lideram parada de álbuns nos EUA

quarta-feira, 25 de março de 2009 20:51 BRT
 

Por Keith Caulfield

LOS ANGELES (Billboard) - Kelly Clarkson liderou a parada de álbuns pop nos EUA pela segunda semana, enquanto o U2, que chegou a liderar a parada, subiu uma posição para a segunda da semana.

O quarto álbum de Clarkson, "All I Ever Wanted", vendeu 90 mil cópias na semana que terminou em 22 de março, levando suas vendas acumuladas a mais de 345 mil unidades.

"No Line in the Horizon", do U2, foi o segundo colocado, com 76 mil unidades vendidas em sua terceira semana nas lojas, enquanto o álbum do rapper The Dream "Love Vs. Money" caiu duas posições, indo para o No. 4 com vendas de 56 mil discos cópias em sua segunda semana.

A trilha sonora de "Crepúsculo" subiu 11 posições, indo para o No. 3 com 74 mil discos vendidos depois que o CD foi relançado em 17 de março com cinco faixas-bônus e um DVD com entrevistas e clipes. O relançamento coincidiu com o lançamento do filme em DVD, no sábado.

O lançamento que se saiu melhor nas paradas é do rapper Gorilla Zoe, que estreou na oitava posição com seu segundo disco, "Don't Feed Da Animals", que vendeu 31 mil cópias. Seu primeiro trabalho, "Welcome to the Zoo", lançado em 2007, entrou para as paradas na 18a posição, com vendas de 35 mil cópias.

O resto do Top 10 não variou muito: "The Fame", de Lady GaGa, subiu uma posição, indo para a quinta, com 50 mil álbuns vendidos; "Fearless", de Taylor Swift, caiu um degrau e foi para a sexta posição com 47 mil cópias vendidas; "Dark Horse", do Nickelback, continuou na sétima posição, com 34 mil unidades vendidas; "I Am...Sasha Fierce", de Beyoncé, foi o novo colocado, com 27 mil discos vendidos; e "Intuition", de Jamie Foxx, também caiu uma posição, para décimo lugar, com vendas de 24 mil unidades.

Foram vendidos ao todo 6,14 milhões de álbuns --uma queda de 7 por cento em relação à semana anterior e de 31 por cento em relação ao mesmo período do ano passado. As vendas do início do ano até agora totalizam 83,6 milhões de unidades, uma queda de 14 por cento em comparação ao mesmo período no ano passado.

 
<p>A cantora norte-americana Kelly Clarkson com o pr&ecirc;mio Women's Entertainment, em Viena. 05/03/2009. REUTERS/Christian Bruna</p>