Madonna entra com pedido para adotar segundo filho no Malauí

quinta-feira, 26 de março de 2009 14:09 BRT
 

Por Mabvuto Banda

LILONGUE (Reuters) - A popstar norte-americana Madonna, que pode visitar o Malauí nos próximos dias, apresentou os documentos para adotar um segundo filho nascido no país do sul da África, disse nesta quinta-feira um funcionário de um tribunal.

De acordo com a fonte, o caso será avaliado no dia 30 de março.

Autoridades do Malauí disseram que Madonna visitará o país em breve e levará consigo seu filho David, malauiano, cuja adoção suscitou polêmica. Críticos acusaram o governo de passar por cima das leis que proíbem pessoas não residentes no país de adotar crianças no Malauí, fortemente atingido pela epidemia de Aids.

"Estamos esperando Madonna para o fim de semana ou antes, mas sem dúvida ela virá antes do fim do mês", disse à Reuters o funcionário do Ministério do Gênero e Desenvolvimento Infantil.

De acordo com o jornal local Nation, Madonna teria dito que amigos seus do Malauí teriam comentado com ela que David precisa de um irmão ou irmã e que ela consideraria a possibilidade de adotar outra criança, mas apenas com o apoio do povo do Malauí.

David está crescendo em meio à vida sofisticada de uma popstar global, a mundos de distância de sua aldeia natal de Lipunga, onde seus parentes comem alimentos como farinha de milho em tigelas simples e as refeições são preparadas sobre fogueiras.

A expectativa é que Madonna visite um local onde sua organização de caridade, Raising Malawi, vai começar a construir uma escola para garotas, que custará milhões de dólares, disse o funcionário.

O pai de David, Yohane Banda, disse à Reuters que talvez veja seu filho na próxima semana.   Continuação...

 
<p>Cantora norte-americana Madonna em apresenta&ccedil;&atilde;o durante a turn&ecirc; "Sticky and Sweet" na Cidade do M&eacute;xico. 29/11/2008. REUTERS/Henry Romero</p>