Mãe americana de óctuplos diz que fará série documental

quarta-feira, 15 de abril de 2009 19:38 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Uma americana mãe de óctuplos recém-nascidos diz que fará uma série documental que vai acompanhar seus filhos até chegarem aos 18 anos, mas a empresa produtora diz que ainda está em "negociações exclusivas" para fechar o contrato.

Nadya Suleman, que em 26 de janeiro deu à luz seis meninos e duas meninas em Los Angeles, disse que deixará uma equipe de TV filmar sua família seis vezes por ano. Os bebês são apenas o segundo conjunto de óctuplos nascidos vivos nos Estados Unidos do qual se tem conhecimento.

"É oficial. Vou fazer um programa, mas não é um reality show", disse Suleman à revista Life & Style, acrescentando que a série será feita pela divisão britânica da produtora independente Eyeworks.

"O que vou fazer com esse programa de TV é basicamente criar documentários sobre as vidas de meus filhos. Vai ser uma coisa contínua e vai acompanhá-los desde agora até completarem 18 anos", acrescentou ela.

Suleman disse que o programa será exibido na Grã-Bretanha e depois, possivelmente, nos Estados Unidos.

Mas o executivo-chefe da Eyeworks, Reinout Oerlemans, disse em comunicado na quarta-feira que a empresa ainda se encontra em "negociações exclusivas" com Suleman para "um formato sem roteiro acompanhando a vida de Nadya e seus filhos".

"A história de Nadia é única e instigante e precisa ser relatada da maneira certa", disse Oerlemans. "Acreditamos que somos a companhia certa para contar essa história em todo o mundo."

Suleman foi ridicularizada publicamente depois de vir à tona que ela era desempregada, divorciada e mãe de seis filhos que vivia com seus pais, recebendo assistência do governo, quando engravidou de óctuplos através de fertilização in vitro.

Apelidada pela imprensa americana de "octomãe", Suleman mudou-se desde então para uma casa nova com seus filhos, e o último dos óctuplos teve alta do hospital esta semana.

O site Smoking Gun (www.thesmokinggun.com) relatou na quarta-feira que Suleman entrou com pedido para registrar o nome "Octomom". O site postou online o pedido que Suleman teria enviado ao Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos EUA.