Caso de adoção de Madonna no Malaui é adiado

segunda-feira, 4 de maio de 2009 12:02 BRT
 

LILONGUE (Reuters) - A Suprema Corte de Apelação do Malaui adiou nesta segunda-feira indefinidamente o processo de tentativa de adoção de uma segunda criança do país africano por Madonna.

O tribunal do Malaui decidiu no mês passado que a pop star norte-americana não poderia adotar uma menina de 4 anos, chamada Mercy James, porque ela não era uma residente do Malaui. A cantora entrou com um recurso contra a decisão judicial.

O governo do Malaui foi criticado após Madonna ter adotado um menino de 13 meses, David Banda, em 2006, com acusações de ter dado tratamento especial à cantora, quebrando as regras que proíbem não-residentes de adotar crianças.

(Reportagem de Mabvuto Banda)

 
<p>Foto de arquivo da cantora pop dos Estados Unidos Madonna deixando o tribunal de Lilongue. 30/03/2009. REUTERS/Antony Njuguna</p>