Cantora Kylie Minogue sonha com sucesso no cinema

segunda-feira, 11 de maio de 2009 11:55 BRT
 

Por Michelle Nichols

NOVA YORK (Reuters) - A cantora pop Kylie Minogue não se incomoda com o fato de não ser estrela musical nos EUA como é no Reino Unido e na Austrália, mas diz que tem a fantasia de construir uma carreira respeitável no cinema.

Minogue, 40 anos, que começou há mais de 20 anos como atriz numa telenovela australiana, admite que "definitivamente fez as coisas erradas" quando se trata de sua carreira limitada no cinema e que adoraria atuar em mais filmes.

Em entrevista para promover sua primeira turnê norte-americana, este ano, a cantora premiada com o Grammy diz que sonha com um diretor que crie um papel para ela, do mesmo modo com o músico Nick Cave em 1996 desenvolveu o dueto de rock e o vídeo musical dos dois "Where The Wild Roses Grow", que foi um contraste grande com as raízes pop dela.

"Minha fantasia é que haja em algum lugar um diretor que pense desse modo, em me colocar no contexto de um filme", disse ela. "Eu adoraria fazer mais filmes. Eu realmente me deixei levar em outra direção. Comecei como atriz e pensei que era isso que eu faria na vida."

Seu primeiro papel num longa-metragem foi em "Amor Ilícito", em 1989, que foi seguido por alguns outros, incluindo "Street Fighter -- A Última Batalha", com Jean-Claude Van Damme, em 1994, a comédia "Malucos por Natureza" em 1996 e uma ponta no sucesso "Moulin Rouge -- Amor em Vermelho," de 2001.

E ela viu um "sonho se realizar" no início deste ano, quando colaborou com o compositor A R Rahman, premiado com o Oscar por "Quem Quer Ser Um Milionário", cantando uma de suas canções num filme de Bollywood.

A carreira de Kylie Minogue também inclui uma grife de lingerie, perfumes, roupas de cama e um livro infantil.

Mas foi a música que a levou ao estrelato na Grã-Bretanha, na Austrália (seu país natal), Europa e Ásia, onde é conhecida simplesmente como Kylie, com 10 álbuns gravados em estúdio e uma série de prêmios, incluindo um Grammy em 2004 por "Come Into My World".

Embora seu sucesso nos EUA seja limitado, Minogue diz que não se preocupa com isso. Ela é conhecida nos EUA sobretudo pelo álbum "Fever", que chegou ao número 3 nas paradas dos norte-americanas quando foi lançada no país em 2002.

Nesta semana Kylie Minogue anunciou planos para sua primeira turnê norte-americana, que vai começar em San Francisco em 30 de setembro e passar por Las Vegas, Los Angeles, Chicago, Toronto e Nova York, onde foi acrescentado um segundo show, depois de os ingressos para o primeiro terem se esgotado rapidamente.

 
<p>Pop star australiana Kylie Minogue em Melbourne. 14/03/2009. REUTERS/Mick Tsikas</p>