Após cirurgia cardíaca, Robin Williams põe pé na estrada

quarta-feira, 13 de maio de 2009 17:31 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O comediante Robin Williams, que se recupera de uma cirurgia cardíaca, vai retomar em setembro sua turnê de apresentações humorísticas ao vivo "Weapons of Self-Destruction" (armas de autodestruição) , disseram seus representantes nesta quarta-feira.

Williams, de 57 anos, teve que adiar a turnê no início de março, depois de queixar-se de falta de ar. Naquele mês ele foi submetido a uma cirurgia na Clínica Cleveland, em Ohio, para a substituição de sua válvula aórtica, reparos na válvula mitral e correção de uma arritmia cardíaca.

Williams, que recebeu um transplante de válvula cardíaca bovina, estava previsto para fazer sua primeira aparição pública importante desde a cirurgia nesta quarta-feira no programa de tevê "The Late Show with David Letterman", da CBS.

"Esta pequena folga me deu mais energia do que nunca", disse Williams em comunicado à imprensa. "Além disso, é maravilhoso ter uma válvula de uma vaca. Se você não se incomoda em pastar, é uma coisa revigorante."

A substituição de uma válvula aórtica deficiente por uma válvula de vaca é um método comumente empregado no tratamento de doenças cardíacas.

Conhecido por seus shows humorísticos repletos de improvisações e sotaques bizarros, Williams vai retomar sua turnê em 30 de setembro em Bloomington, Indiana.

A turnê retomada terá 29 shows e vai incluir escalas em Atlanta, Detroit e Washington, terminando em 28 de novembro em Atlantic City.

Robin Williams recebeu um Oscar em 1997 pelo papel coadjuvante de psicólogo no drama "Gênio Indomável". Ele vai retomar o papel do falecido presidente norte-americano Theodore Roosevelt na sequência cômica "Uma Noite no Museu 2", que estreia em 22 de maio.

 
<p>Foto de arquivo do ator Robin Williams em Utah. 05/03/2009. REUTERS/Lucas Jackson/Arquivo</p>