Voz do Mickey morre em Los Angeles aos 62 anos

quinta-feira, 21 de maio de 2009 08:54 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O especialista em efeitos sonoros Wayne Allwine, responsável pela voz característica de Mickey Mouse durante os últimos 32 anos, morreu, informou a empresa Walt Disney na quarta-feira.

Allwine não resistiu a complicações decorrentes da diabete e morreu no hospital UCLA Medical Center, em Los Angeles, na segunda-feira. Ele tinha 62 anos.

Allwine foi a terceira pessoa que emprestou sua voz ao famoso ratinho. O próprio Walt Disney começou a dublar a voz do Mickey Mouse em 1928, quando ele fez sua estreia em "Steamboat Willie". Jimmy Macdonald assumiu o cargo em 1947 e entregou as rédeas ao seu protegido Allwine em 1977.

Allwine dublou o Mickey em filmes como "Mickey's Christmas Carol" (1983), "Who Framed Roger Rabbit" (1988), e "O Príncipe e o Plebeu" (1990). Ele também deu vida ao Mickey nos parques temáticos, na televisão, rádio e eventos de palco ao vivo.

"Wayne dedicou toda a sua carreira profissional a Disney, e durante os últimos 32 anos, ofereceu muita alegria, felicidade e conforto a muitos ao redor do mundo, cedendo sua voz ao personagem mais amado e simbólico, Mickey Mouse", disse Robert Iger, chefe-executivo da Disney.

Nascido no subúrbio de Glendale, em Los Angeles, em 1947, Allwine entrou na Disney em 1966, trabalhando primeiro nos correios. Ele trabalhou junto com o especialista de efeitos sonoros Mcdonald por sete anos e meio, editando filmes como "Splash" (1984) e "Three Man and a Baby" (1987).

"O Mickey é a verdadeira estrela", disse Allwine uma vez sobre seu trabalho.

Allwine deixou sua esposa, Russi Taylor, que dubla a voz da Minnie Mouse, e cinco filhos de outros casamentos.

(Reportagem de Dean Goodman)

 
<p>Especialista em efeitos sonoros Wayne Allwine, a voz do Mickey Mouse, morreu em Los Angeles. REUTERS/Walt Disney/Divulga&ccedil;&atilde;o</p>