Festival de Glastonbury volta às raízes; Springsteen é destaque

terça-feira, 26 de maio de 2009 14:50 BRT
 

Por Paul Lauener

LONDRES (Reuters) - Glastonbury, o maior festival mundial de música e artes realizado num campo verde, afastou-se do rap e escolheu Neil Young, Bruce Springsteen e Blur com suas atrações principais este ano, retornando às suas raízes baseadas na guitarra.

O superastro do hip-hop Jay-Z foi a atração principal no ano passado, num esforço para atrair um público mais jovem, mas as vendas de ingressos foram fracas. Embora o rapper tenha sido amplamente considerado um sucesso, os organizadores do festival foram criticados por afastar-se de suas origens.

Este ano, favoritos do passado dão o tom do festival, com Tom Jones, Status Quo e Madness se apresentando no palco principal e os artistas de hip-hop Q-Tip, Roots Manuva e Black Eyed Peas relegados às áreas menores.

"Sabemos que haverá objeções, não importa o que façamos, mas, se o ano passado nos ensinou alguma coisa, foi que temos que seguir nossos instintos", disse ao jornal britânico The Guardian a organizadora do festival, Emily Eavis.

"Correr riscos traz resultados. Colocar Neil Young e Bruce Springsteen em um fim de semana foi uma escolha... e tivemos que fazê-la", afirmou.

Uma exceção notável de hip-hop no palco principal é o rapper britânico Dizzee Rascal, que liderou as paradas de singles no Reino Unido e que vem fazendo sucesso em festivais britânicos este ano.

PÚBLICO MAIS JOVEM

Outros artistas que devem agradar ao público mais jovem incluem o grupo pop indie The Wombats, a australiana Gabriella Cilmi, o músico de eletropop Little Boots e a artista pop Lady Gaga.   Continuação...

 
<p>Foto de arquivo do m&uacute;sico Bruce Springsteen em Nova York. 03/05/2009. REUTERS/Lucas Jackson</p>