Rihanna deve testemunhar em caso de Chris Brown

sexta-feira, 29 de maio de 2009 10:09 BRT
 

Por Alex Dobuzinskis

LOS ANGELES (Reuters) - A cantora Rihanna está disposta a ser testemunha no próximo mês se for chamada para depor contra o ex-namorado Chris Brown, que é acusado de ter batido nela, informou o advogado da cantora.

Donald Etra disse na quinta-feira que os promotores públicos o avisaram que vão convocar formalmente sua cliente, Rihanna, para depor no dia 22 de junho em uma audiência na Corte Superior de Los Angeles.

"Ela sempre concordou em fazer o que a lei requeresse a ela", disse Etra. "Ela está completamente disposta a testemunhar se for solicitada para isto."

Jane Robinson, porta-voz do gabinete da promotoria de Los Angeles, não quis comentar.

O rapper Brown, de 20 anos, cantor de músicas como "Kiss Kiss" e "Run It", é acusado de ter agredido e ameaçado Rihanna, então sua namorada, na véspera do prêmio Grammy, em fevereiro.

Brown, que se declarou inocente, pode pegar até quatro anos de cadeia se for condenado.

O rapper não esteve presente em uma audiência na quinta-feira, na qual seu advogado, Mark Geragos, solicitou à juíza Patricia Schnegg informações sobre a investigação a respeito do vazamento da foto de Rihanna machucada e sangrando.

A juíza negou o pedido, dizendo que era muito cedo para buscar informações sobre o vazamento.

Nascida em Barbados, Rihanna, de 21 anos, gravou músicas como "Umbrella", "Take a Bow" e "Disturbia".

 
<p>Foto de arquivo da cantora Rihanna em Beverly Hills. 07/02/2009. REUTERS/Danny Moloshok</p>