Estrela de cabaré Danny La Rue morre aos 81 anos

segunda-feira, 1 de junho de 2009 12:17 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Estrela de teatro e cabaré, Danny La Rue morreu aos 81 anos, depois de uma carreira que contou com representações famosas de Elizabeth Taylor e Zsa Zsa Gabor em 60 anos de shows.

"Danny La Rue morreu em paz durante o sono um pouco antes da meia-noite da noite passada (domingo) após uma rápida indisposição", informou sua porta-voz em comunicado. "Sua amada companheira Annie Galbraith estava com ele em sua casa em Kent."

De acordo com o site de La Rue, o dramaturgo Noel Coward o chamou de "o maior profissional, o mais gracioso... e o mais completamente charmoso homem no mercado."

Referindo-se às personagens femininas, pelas quais La Rue era famoso, Bob Hope disse que ele era "a mais glamourosa mulher do mundo".

La Rue nasceu Daniel Patrick Carroll em Cork, na Irlanda, em julho de 1927. Ele tinha 9 anos quando foi levado à Inglaterra e teve de abandonar Londres durante a Segunda Guerra Mundial.

La Rue deixou a escola com 15 anos e trabalhou em uma loja de roupa em Exeter, sudoeste da Inglaterra. Gradualmente saiu do circuito regional de variedade para os grandes palcos de Londres.

Ele foi um dos mais bem pagos artistas da Grã-Bretanha na década de 1960 e aparecia regularmente na televisão.

Até o fim de sua vida, ele esteve mais aberto em relação ao fato de ser homossexual e viveu por muitos anos com seu parceiro e administrador Jack Hanson até a morte dele na Austrália.

(Reportagem de Mike Collett-White)

 
<p>Foto de arquivo do artista e comediante Danny La Rue. REUTERS/Simon Kreitem</p>