Paul McCartney apresentará primeiro show de antigo Shea em NY

quarta-feira, 3 de junho de 2009 16:32 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Quarenta e quatro anos depois Paul McCartney e os demais integrantes dos Beatles terem feito o principal show da história do rock no estádio Shea, de Nova York, McCartney tocará no mês que vem no novo campo de beisebol que substituiu o Shea.

Os ingressos começam a ser vendidos na próxima segunda-feira para duas apresentações de McCartney nos dias 17 e 18 de julho. Essa será a primeira performance musical agendada na nova casa do New York Mets, time da liga de beisebol norte-americana, informaram os organizadores nesta quarta-feira.

O show está sendo vendido como a última apresentação que vincula o britânico Paul McCartney, de 66 anos, com a cidade de Nova York e o Mets, que começou com a aparição dos Beatles no estádio Shea em 15 de agosto de 1965.

Aquela apresentação, feita para mais de 55 mil fãs, foi o primeiro concerto no Shea e que lançou a era dos shows de rock em estádios. O primeiro show ao vivo dos Beatles nos Estados Unidos, na verdade, ocorreu mais de um ano antes, em fevereiro de 1964, no Washington Coliseum, um local fechado em Washington.

Paul McCartney voltou ao Shea em julho do ano passado para uma apresentação surpresa no show de Billy Joel, "Last Play at Shea", encerrando a apresentação com uma interpretação de "Let It Be".

"Os Beatles foram os primeiros a tocar no estádio Shea e com Billy Joel, eu fui o último a cantar no velho Shea", disse McCartney em uma declaração. "Eu estou realmente ansioso para o show."

Os organizadores disseram que a lista de músicas de Paul McCartney para o Citi Field incluirá hits de seu tempo com os Beatles, Wings e sua carreira solo, assim como seleções de seu último álbum, "Eletric Arguments", lançado sob seu alter ego musical, The Fireman.

(Reportagem de Bob Tourtellotte e Eric Walsh)

 
<p>Foto de arquivo do m&uacute;sico brit&acirc;nico Paul McCartney. 17/04/2009. REUTERS/Mario Anzuoni</p>