Susan Boyle deixa clínica e prevê possível sucesso nos EUA

sexta-feira, 5 de junho de 2009 11:08 BRT
 

LONDRES (Reuters Life!) - Susan Boyle, que se tornou superestrela global depois de aparecer num programa de talentos na TV britânica, deixou a clínica de Londres onde estava sendo tratada para exaustão, disse seu irmão nesta sexta-feira.

A cantora amadora escocesa de 48 anos, cuja performance no programa "Britain's Got Talent" em abril foi descarregada quase 200 milhões de vezes na Internet, foi internada na clínica Priory no domingo, em meio a receios quanto a sua saúde mental.

"Ela está bem mais feliz", disse seu irmão Gerry à GMTV. "Ela pareceu bem mais normal. Acho que as coisas estão ficando mais claras para ela agora, e ela está mais contente. Acredito que ela está num apartamento em Londres."

Desarrumada e nem um pouco glamurosa, a voluntária de igreja desempregada contestou as ideias dos espectadores sobre como deve ser uma estrela.

Boyle virou foco de atenção da mídia, com equipes de TV acampadas diante de sua casa e Larry King e Oprah Winfrey convidando-a para aparecer em seus programas de TV americanos.

Mas, com a aproximação da final do programa de talentos, no sábado passado, Boyle -- que sofreu falta de oxigênio ao nascer, o que a levou a sofrer leve dano cerebral -- começou a mostrar sinais de estresse, chorando com frequência e ameaçando desistir do concurso.

Depois de não ter vencido a final, apesar de seu favoritismo avassalador, ela foi internada numa clínica particular, sofrendo de exaustão emocional.

Seu futuro financeiro é visto como estando assegurado, apesar de ter perdido a final para a trupe de dança Diversity, já que se prevê Simon Cowell, o criador do "Britain's Got Talent", e seu selo musical Syco assinem contrato com ela para um álbum.

Já se aventou a possibilidade de um filme de Hollywood sobre ela.   Continuação...

 
<p>Foto de arquivo de Susan Boyle. 21/04/2009. REUTERS/David Moir</p>